Somfy quer reduzir 50% das emissões no âmbito da sua estratégia de sustentabilidade

A Somfy Iberia deu a conhecer o seu compromisso para a redução de 50% das suas emissões de CO2 até 2030, no âmbito da Semana do Desenvolvimento Sustentável.

A ratificação do compromisso da empresa francesa com a sustentabilidade ocorre na sequência da avaliação global de carbono realizada pelo grupo, com as emissões da empresa em 2019 a corresponderem a 1.300 Kt de CO2, o equivalente ao impacto de uma cidade francesa de 120.000 habitantes.

A empresa compromete-se a reduzir as emissões tanto das suas operações como dos seus próprios produtos, seguindo os princípios estabelecidos pela iniciativa Science-Based Targets, tendo em vista cumprir as metas estabelecidas no Acordo de Paris.

“A avaliação de carbono que realizámos mostra que devemos continuar a reforçar o nosso compromisso com a sustentabilidade para ter um impacto real no meio ambiente”, referiu Andrea Ragione, CEO da Somfy Iberia.

Numa nota enviada à imprensa, a empresa revela que vai mudar a sua sede em Espanha para um edifício mais amigo do ambiente, em Barcelona.

“Reduzir o impacto das nossas operações e da pegada dos nossos produtos é essencial, mas queremos ir mais longe. Por isso optámos por uma mudança de sede em Espanha, reforçando o envolvimento de toda a equipa da Somfy Iberia, com a celebração da Semana do Desenvolvimento Sustentável”, indica a mesma dirigente.

93% das emissões do Somfy Group vêm de produtos e 78% estão diretamente relacionadas com a sua utilização. Portanto, a iniciativa de redução das emissões em 50% terá um impacto direto nos produtos Somfy, pois exigirá a implantação e implementação de soluções ecologicamente projetadas e otimizadas para consumo. Até 2021, mais de 50% dos produtos comercializados pela empresa terão o selo ACT FOR GREEN, que estará presente em todas as vendas a partir de 2030. Além disso, este compromisso com a redução das emissões também afetará as soluções Somfy, reduzindo o seu consumo de energia em 40% até 2030.

Na mesma nota, a Somfy indica que as soluções criadas pelo grupo não só apresentam menor consumo, ajudando ainda a evitar emissões com a otimização do desempenho energético dos edifícios graças ao controlo inteligente de estores e proteção solar.

“O Grupo continuará a inovar nesta área e desenvolveu uma abordagem com a consultora Carbone4 para calcular as emissões evitadas. Por exemplo, em 2020, as soluções Somfy ajudaram a evitar o equivalente a 120 Kt de emissões de CO2 em França. Para compreender melhor a sua pegada de carbono, a empresa irá realizar esta análise nos vários países onde opera, adaptando-a às especificidades nacionais (mix energético, utilizações, etc.)”, explica a empresa.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.