30 projetos com participação portuguesa captam cerca de 21 milhões em programa europeu

Foram divulgados os resultados dos concursos do novo programa-quadro nas áreas de mobilidade e indústria divulgados pela Comissão Europeia, onde 30 projetos com participação portuguesa captaram cerca de 21 milhões de euros.

Nos projetos vencedores dos primeiros concursos na área da mobilidade do Cluster 5 do programa Horizonte Europa (Clima, Energia e Mobilidade), as entidades portuguesas captaram 3,5 milhões de euros. Já no Cluster 4 (Digital, Indústria e Espaço), alcançaram um financiamento de 17,3 milhões de euros para investimento em projetos de I&D.

Dos 26 projetos enquadrados no Cluster 4, três são coordenados por instituições nacionais: START – Sustainable Energy Harvesting Systems based on Innovative Mine Waste Recycling, liderado (LNEG); SoTecIn Factory – Social and Technological Innovation Factory for Low-Carbon and Circular Industrial Value Chains, (INESC TEC); Waste2BioComp – Converting organic waste into sustainable bio-based componentes (CITEVE).

Já no Cluster 5, dos quatro projetos selecionados, o EV4EU: Electric Vehicles Management for carbon neutrality in Europe é coordenado pelo INESC-ID com a participação da  Smart Energy Lab, da EDP CNET, da EDA e da Secretaria Regional dos Transportes, Turismo e Energia dos Açores, integrando um consórcio de 16 parceiros.

“A Agência Nacional de Inovação [ANI] acredita que Portugal pode captar cerca de 2.000 milhões de euros até 2027, ou seja, o dobro do que captou no Horizonte 2020. Estes primeiros resultados apontam que estamos no caminho certo. Mas é preciso continuarmos o esforço e alargar a nossa base de participação”, admite Joana Mendonça, presidente da ANI.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.