CEO da Goldman Sachs deixa alerta sobre teletrabalho

Os 38 mil colaboradores da Goldman Sachs receberam uma mensagem de voz do CEO David Solomon. Como seria de esperar, o tema central foi o novo coronavírus: o gestor considerou que devia actualizar todas as equipas relativamente à situação da empresa e comunicar os esforços que têm sido realizados para responder à pandemia.

David Solomon adiantou, por exemplo, que cerca de 80% da organização está a trabalhar a partir de casa desde sexta-feira passada. Segundo adianta o Business Insider, a percentagem deverá aumentar esta semana à medida que os colaboradores do continente asiático terão acesso aos mesmos planos de continuidade que já foram implementados na Europa.

David Solomon explicou também quão importante é que os colaboradores tenham cuidado consigo próprios, lembrando que há outros perigos à espreita, nomeadamente o burnout. Numa nota mais pessoal, conta o Business Insider, o CEO partilhou com os funcionários que dedicou parte do último domingo a dar um passeio de duas horas de bicicleta.

«Pode parecer algo pequeno, mas fez uma diferença significativa», disse David Solomon. Segundo o gestor, as linhas entre vida pessoal e profissional podem esbater-se quando trabalhamos a partir de casa.

A mensagem de voz serviu também para comunicar aos colaboradores as medidas que estão a ser postas em prática relativamente aos clientes. «Temos estado a responder aos desafios como a restruturação das margens de empréstimos e o aumento dos pedidos de capital», revela.

A mesma publicação sublinha que a Goldamn Sachs é uma das poucas instituições financeiras que ainda recorre à comunicação por voz. Privilegia este canal em detrimento das cartas ou memorandos escritos e, no contexto actual, não se prevê que esta abordagem mude.

Ler Mais
Artigos relacionados

Exclusivo MIT - Massachusetts Institute of Technology

Dormir. Factor determinante no desempenho profissional?

Pesquisas mostram que a falta de sono tem várias consequências que podem afectar negativamente o desempenho profissional. Então por que razão tantos locais de trabalho modernos condenam práticas que não ajudam a bons horários de sono?
Comentários
Loading...

Multipublicações