Presidente do Santander é a nova líder da Federação Bancária Europeia

Ana Botín foi eleita, por unanimidade, para o cargo de presidente da Federação Bancária Europeia (EBF na sigla em inglês). A responsável pelos destinos do Banco Santander assume agora novas funções a nível europeu, substituindo no cargo Jean Pierre Mustier, director-geral do Unicredit.

Segundo o jornal El Confidencial, a saída do gestor francês coincide também com o fim do seu percurso no banco italiano. Segue-se a espanhola Ana Botín, num mandato que terá a duração de dois anos.

Os membros da Direcção da Federação Bancária Europeia adiantam, em comunicado, estar “encantados e entusiasmados” com a nomeação de Ana Botín, “reconhecida como uma banqueira europeia líder e muito apreciada pela sua visão e liderança”.

Esta organização representa os interesses de mais de 3.500 bancos na Europa, agrupados em 32 associações bancárias de nível nacional. No total, são responsáveis por cerca de dois milhões de funcionários.

A EBF confirmou à Europa Press que Ana Botín é a primeira mulher no cargo, sendo que chega à liderança do organismo num período crucial para a Europa. Os membros da Direcção lembram que «os bancos têm desempenhado um papel de vital importância na resposta à pandemia».

Sobre a sua sucessora, Jean Pierre Mustier afirma que se trata «de uma líder fantástica à frente de um verdadeiro banco europeu e global, que compreende muito bem os desafios críticos que o sector bancário europeus enfrenta e como o regime regulatório deve evoluir para abordá-los».

Ler Mais

Comentários
Loading...