Riscos geopolíticos: que produtos e coberturas?

Se, por um lado, é crítico que as organizações estejam cientes dos riscos geopolíticos que enfrentam, a boa notícia é a de que existem produtos de seguro que os podem cobrir, permitindo que as empresas continuem a desenvolver as respectivas actividades, mesmo em áreas de risco.

Como pode fazer um seguro florestal

Com o risco de incêndio bem presente, a contratação de um seguro florestal é uma excelente opção. Conheça em detalhe e saiba tudo o que é preciso.

Depósitos a prazo, modo de usar

Há vários tipos de depósitos a prazo, com características e taxas de remuneração diferentes. Veja qual o que melhor se ajusta ao seu perfil de aforrador.

Inovação na gestão do risco de crédito

Os factores inovadores na gestão do risco de crédito estão maioritariamente presentes num modelo de gestão do risco por antecipação, com maior investimento nas fases de análise, aprovação e acompanhamento, já que os modelos de gestão do risco por recuperação são mais limitados por natureza e…

Vale a pena atribuir viaturas aos colaboradores?

As contas têm muitas nuances, mas a elaboração de um acordo escrito sobre a imputação de uma viatura automóvel ao trabalhador evita o pagamento de tributação autónoma e representa uma grande poupança de custos para a empresa, como nos explica esta análise da consultora Conceito.

Matérias primas – Como funcionam os mercados

Os mercados mais importantes de matérias-primas funcionam como mercados de futuros e opções, excepção feita aos metais preciosos, que também têm mercados à vista com algum significado. Nestes mercados praticam-se as mesmas leis aplicáveis aos restantes mercados financeiros, sendo uma actividade…

Ethereum. A rival de Bitcoin

No número anterior, a Risco explicou o “bê-á-bá” das criptomoedas, o que são, como funcionam e a sua utilização. A Bitcoin foi, sem dúvida, a grande impulsionadora desta nova indústria, mas o seu domínio tem estado sob ameaça nos últimos meses.

A análise técnica não é um bicho papão

Escrever sobre Análise Técnica numa revista de divulgação, como a Risco, não é tarefa fácil. Os puristas da matéria vão achar o artigo básico e de pouco valor acrescentado e os menos familiarizados tenderão a achar o texto complexo. Mas vamos tentar desmistificar as bases que a tornam quase numa…

«Ganhar nem sempre é a única opção»

«No risk, no fun», afirma Rui Paiva, 51 anos, CEO e co-fundador da WeDo Tecnologies, o braço do grupo Sonae para as tecnologias de informação e o desenvolvimento de software, nas áreas do Revenue Assurance and Fraud Management.

Dos mercados

Da FED a Overweight, a segunda parte do dicionário elaborado por Miguel Gomes da Silva, Head of Treasure and Trading da Caixa Económica Montepio Geral.