pub

McDonald’s e Starbucks integram teste da moeda digital da China

As cadeias norte-americanas McDonald’s e a Starbucks estão entre as empresas que estão a participar de um novo programa piloto para o próximo yuan digital da China, de acordo com os media oficiais chineses, confirmando os avanços da segunda maior economia do mundo avança nos seus planos para concretizar uma de moeda eletrónica.

O Banco Popular da China (PBoC), banco central, tem vindo a desenvolver uma moeda digital nos últimos anos, embora, até agora, se conheçam poucos detalhes, nomeadamente, o seu design exacto, sendo improvável que se assemelhe à bitcoin, a popular criptomoeda.

O yuan digital da China será emitido pelo PBoC e o foco deverá apontar para os pagamentos digitais, potenciando que sejam mais fáceis e rápidos.

A McDonald’s, Starbucks e Subway são as três empresas americanas entre as 19 empresas no total que participarão do teste de moeda digital em Xiong’an, sendo que se realizou um evento promocional na passada quarta-feira, informou o Securities Times.

Xiong’an é um distrito especial a cerca de 150 quilómetros a sudoeste de Pequim, na província de Hebei, e é o projeto pessoal do Presidente Xi Jinping para construir um novo centro económico, mas não é possível aferir o quanto progrediu este projeto desde o seu lançamento em 2017.

Xi Inping enfatizou, num discurso ao país, na quinta-feira, que intensificará o desenvolvimento da tecnologia 5G, a inteligência artificial e outras tecnologias, a uma escala massiva.

O anúncio desse programa piloto, centrado no retalho e na restauração, segue-se a outro teste recente, realizado em Suzhou, onde o yuan digital está a ser usado para pagar os subsídios dos trabalhadores para o transporte.

Estão ainda previstos testes adicionais em Shenzhen e Chengdu e antes dos Jogos Olímpicos de inverno de 2022 em Pequim, disse o PBoC, ao Xinhua News. Mas o banco central deixou claro que a moeda digital não foi lançada oficialmente. 

As moedas digitais emitidas pelo banco central ganharam força recentemente. As autoridades monetárias procuram inovar diante da concorrência da China e da moeda digital do Facebook chamada libra, que desde que se tornou pública, enfrentou uma série de problemas . Outros bancos centrais, incluindo o Reino Unido e o Japão, estão a estudar como podem criar as suas próprias moedas digitais.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...