Siemens e Deutsche Bahn testam comboio movido a hidrogénio

O hidrogénio parece ser uma das grandes apostas das empresas interessadas num futuro mais verde. Só no último mês, gigantes como BP, EIT InnoEnergy ou Allianz anunciaram projectos e planos neste sentido. Hoje, juntam-se também a Siemens e a Deutsche Bahn ao revelarem a intenção de testar um comboio movido a hidrogénio já em 2024.

O piloto, a ter lugar na Alemanha, deverá ter a duração de um ano, segundo aponta a CNBC, e faz parte de uma iniciativa mais alargada que envolve também uma análise às infra-estruturas necessárias para poder avançar com este novo tipo de transporte.

«Especialmente em rotas não-electrificadas, a propulsão a hidrogénio pode tornar-se a alternativa amiga do ambiente à propulsão a diesel», explica Winfried Hermann, ministro do Transporte da Alemanha, explicando em que contexto esta nova possibilidade poderá ser útil. Citado pela mesma publicação, deixa claro que o importante é, contudo, apostar em fontes renováveis, independentemente de darem origem a electricidade ou hidrogénio.

O protótipo da Siemens e da Deutsche Bahn surge neste contexto. Designado Mireo Plus H, tem duas carruagens e deverá conseguir percorrer 600 quilómetros a uma velocidade máxima de 160 quilómetros por hora. A expectativa é de que só o piloto de um ano pemita evitar aproximadamente 330 toneladas de dióxido de carbono.


Comentários
Loading...