Elon Musk quer expulsar moradores do Texas e construir terminal para Marte

Falcon 9 / Space X

A SpaceX quer construir uma espécie de terminal espacial para Marte numa localidade no estado norte-americano do Texas. Há apenas um pequeno problema: precisa que os moradores aceitem deixar as suas casas para que a construção possa avançar. Por isso mesmo, um executivo sénior foi encarregue de explicar o plano aos residentes.

Segundo o Business Insider, Dave Finlay está a contactar os proprietários e a tentar convencê-los a venderem as suas casas à empresa liderada por Elon Musk. A mesma publicação conta o caso de Maria Pointer, que vive com o seu marido em Boca Chica e que aceitou a proposta: «Ele é um tipo muito afável que clarificou tudo.»

Além de telefonemas, Dave Finlay está a apostar também numa abordagem mais próxima, viajando regularmente entre a sede da SpaceX, na Califórnia, e o Texas para visitar moradores porta a porta. O objectivo não será fazer amigos, mas sim concluir um negócio que foi proposto aos proprietários em Setembro.

O executivo terá dito aos residentes que Elon Musk está a perder a paciência e que a sua missão é convencê-los antes que isso aconteça. E a estratégia parece estar a funcionar: mais de metade das casas em Boca Chica passaram para as mãos da SpaceX ou estão muito perto disso. As restantes ainda estão na fase de negociação.

Elon Musk está de olho em Boca Chica desde 2011, quando pediu à sua equipa da SpaceX para contactar o governador Rick Perry e conseguir os incentivos necessários para mudar a empresa para o Texas. A SpaceX gastou centenas de milhares de dólares em lobbying, doou outras dezenas a campanhas políticas e pagou visitas de políticos à sede da companhia, de acordo com o The Dallas Morning News.

Em 2013, o governo aprovou mesmo um pacote de incentivos no valor de 15 milhões de dólares (13,8 milhões de euros) para a criação de emprego e alívio de impostos. Um ano mais tarde, a SpaceX conquistou o apoio de que precisava para construir o terminal e avançou logo com o projecto. Inicialmente, não fez muitas ofertas aos moradores, tendo até – pelo contrário – recebido propostas dos próprios proprietários, interessados em vender.

Entretanto, alguns lançamentos falhados e a constatação de que já não podia avançar mais sem o consentimento e ajuda dos residentes fizeram com que a SpaceX mudasse de estratégia. Agora, Elon Musk quer todas as casas para si até 31 de Março. Caso contrário, poderá tentar encontrar uma solução legal para expulsar os moradores.

De acordo com o Business Insider, os proprietários que aceitaram fazer negócio receberam entre 100 mil dólares (92 mil euros) e mais de um milhão de dólares (921 mil euros) pelos seus imóveis.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Quer ir ao Burning Man? Cuidado com os bilhetes falsos
Automonitor
#Ensaio – Mercedes-Benz GLC 220d – A medida perfeita