pub

Como 10 dos maiores empreendedores começaram as suas carreiras

A determinação foi mais importante para estes ícones do que as rondas de financiamento.

Por John Boitnoitt, colaborador da Inc.

Alguns empreendedores nasceram em berço de ouro. Outros construíram a sua riqueza quando ainda eram jovens. Contudo, as histórias mais intrigantes ou inspiradoras de pessoas que criaram a sua própria riqueza são as que envolveram obstáculos, trabalho árduo e determinação. As histórias dos empreendedores mais ricos de hoje oferecem perspectivas cruciais para quem sonha com o sucesso. Eis como 10 dos indivíduos mais ricos do mundo começaram:

1 –Jeff Bezos, Amazon

Antes de chegar ao topo da lista como empreendedor mais rico, com uma fortuna de mais de 100 mil milhões de euros, Jeff Bezos chegou a trabalhar no McDonald’s quando andava no secundário. Só depois foi para a faculdade. Mais tarde começou a trabalhar com código na startup de Telecomunicações Fitel. Embora fosse subindo na empresa, sabemos que Jeff Bezos tinha sonhos mais ambiciosos:

2 – Bill Gates, Microsoft

Antes de ganhar a sua fortuna multimilionária, Bill Gates era um aluno universitário que criava software no seu quarto da residência universitária. O seu primeiro sucesso foi vender software à MITS Altair, que criou o primeiro computador pessoal. Isto inspirou Bill Gates a deixar Harvard e a concentrar-se apenas na criação da sua própria empresa, que mais tarde se tornou a Microsoft;

3 – Warren Buffett, Brekshire Hathaway

Nem todos os empreendedores desta lista dependeram da tecnologia para entrar nela. Ainda cheio de força apesar de ter mais de 80 anos, Warren Buffett passou a sua vida à procura de oportunidades de fazer dinheiro. Desde jovem, concentrou-se nos investimentos em bolsa, usando vários empregos para ganhar dinheiro de forma a apostar no mercado da bolsa. Dependeu de trabalho árduo, da leitura, da consciência e da intuição, tudo ingredientes importantes para o seu sucesso;

4 – Amancio Ortega, Inditex Fashion Group (Zara)

Este bilionário de origem espanhola, também ele com mais de 80 anos, passou a sua vida a desenvolver um império de moda com oito marcas. Amancio Ortega começou com 14 anos, após decidir deixar a escola e trabalhar na criação de camisas. Depois juntou-se à mulher e à família para criar uma empresa que vendia roupa interior e vestuário. Após três anos a trabalhar em casa, Amancio Ortega abriu a primeira loja Zara, em 1975. A partir daí transformou-a num negócio global de milhares de milhões de euros;

5 – Mark Zuckerberg, Facebook

Antes de criar o Facebook na faculdade, Mark Zuckerberg era um ávido programador autodidacta, que começou a desenvolver as suas competências técnicas na escola preparatória. Antes do Facebook, criou um leitor de música com o amigo Adam D’Angelo, que mais tarde seria co-fundador do Quora. O projecto recebeu uma oferta da Microsoft, mas a equipa recusou-a;

6 – Larry Page e Sergey Brin, Google

Ambos empreendedores bilionários actualmente, os co-fundadores do Google começaram como alunos de doutoramento na Universidade de Stanford. É outro caso, semelhante ao do Facebook e da Microsoft, em que a inovação começou numa residência universitária. Aqui, Larry Page e Sergey Brin trabalharam no projecto de um motor de busca que originalmente se chamava BackRub numa garagem de Palo Alto, o qual se desenvolveu e se transformou no Google;

7 – Larry Ellison, Oracle

Larry Ellison abandonou a faculdade e encontrou emprego numa empresa de electrónica. Nesse período criou uma base de dados para a CIA. Este projecto inspirou-o a criar a empresa de soluções tecnológicas com o mesmo nome;

8 – Phil Knight, Nike

Embora agora esteja reformado de gerir a sua empresa de calçado e vestuário, Phil Knight liderou-a durante quase 50 anos. Começou quando ele e um treinador de atletismo tiveram a ideia e investiram 450 euros para dar vida à Nike;

9 – Ted Lerner, promotor imobiliário e proprietário dos Washington Nationals

Este promotor imobiliário criou a sua riqueza através do seu extenso portefólio de propriedades comerciais e de retalho. Contudo, também investiu tempo e dinheiro como filantropo. Ted Lerner criou todo o seu império a partir de um empréstimo de 225 euros concedido quando tinha 26 anos;

10 – Peter Buck, Subway

Peter Buck ensina-nos que por vezes compensa emprestar dinheiro a outros empreendedores e amigos. Corria o ano de 1965 quando deu ao seu amigo Fred DeLuca 900 euros para este criar uma loja de sandes. Actualmente, a Subway é uma cadeia global de restaurantes que vale milhares de milhões de euros, da qual Peter Buck nos dias de hoje controla metade.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...