Quem são os grandes patrocinadores da COP25?

As empresas estão a aproveitar a cimeira que arrancou esta segunda-feira em Madrid para reafirmarem o seu papel na luta contra as alterações climáticas, a praticamente um mês da entrada em vigor do Acordo de Paris em 2020, ano em que os países signatários devem apresentar medidas concretas, escreve o jornal “Expansión”.

Durante a 25ª reunião da Organização das Nações Unidas sobre as alterações climáticas, a COP25, que se prolonga até 13 de Dezembro, são esperados milhares de especialistas e decisores políticos na capital espanhola. A eles juntam-se, como patrocinadoras, algumas energéticas espanholas que responderam ao apelo do Governo.

Segundo a ministra da Transição Ecológica, Teresa Ribera, foram angariados entre 10 e 12 milhões de euros através do patrocínio de empresas da COP25, tendo sido estabelecidos quatro níveis de patrocínio, liderados pela categoria Diamante, com uma contribuição de dois milhões. Este nível é composto por grupos como a Acciona, a Endesa, a Engie e a Iberdrola. 

Na categoria Ouro encontram-se, por exemplo, as instituições financeiras Sabadell, BBVA, Santander e Mapfre. Também o BNP Paribas, a Siemens Gamesa, a Talgo, a Telefónica, a AEB e o grupo BMW patrocinam o evento.

Recorde-se que, a cimeira estava inicialmente prevista para se realizar no Chile. Contudo, o Governo chileno decidiu cancelar o evento no final de Outubro, alegando não haver condições devido a um movimento de contestação interna e de agitação civil.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Guerra do streaming: consumidores dão oportunidade aos novos players
Automonitor
As ideias (brilhantes) da Skoda