Joacine: “Há intelectuais a legitimar o ódio contra mim”

A entrada de Joacine Katar Moreira no Parlamento motivou uma chuva de críticas devido à sua gaguez, de quem considera um entrave ao seu trabalho.

A deputada do Livre diz que “todos esses artigos e comentários, desde os de ódio aos de ridicularização absoluta, têm como único objetivo implementar políticas de silenciamento. De deixar-me num estado de nervosismo, calamitoso, arrasar a minha autoestima. Acham que vão arrasar com a minha capacidade de me impor politicamente”, afirmou em entrevista ao Expresso.

E desabafa: “ando a receber mensagens inqualificáveis online”.

“Estes artigos de opinião, do arauto de capacitismo, estes intelectuais, estes diretores de jornais, estes editoriais estão a dar legitimidade a este ódio. Dizem às pessoas: “Continuem a insultá-la porque ela é que está a pessoalizar isto, porque ela gagueja, ela sabe muito bem que não pode estar onde está, porque ela é uma arrogante”, continua Joacine.

A deputada garante: “nunca respondi com ódio a comentários de ódio, nem com ansiedade, nem com raiva, às vezes, até sou irónica. O que verdadeiramente me incomoda são estes artigos mascarados de análises. Houve um ordinário que até meteu a minha gaguez no artigo, e era um indivíduo que eu respeitava. Isto é incitamento ao ódio. É abrir a torneira da intolerância, do racismo, da xenofobia, da discriminação”, critica.

Joacine diz que está no Parlamento para representar “as pessoas reais”. De uma maneira simbólica estou a representar as mulheres negras, os homens negros, as mulheres em situa­ções de empobrecimento, os homens em situações de empobrecimento, os investigadores com uma vida instável. A deputada do Livre diz que quer abrir alas para “uma verdadeira revolução na maneira como se faz política em Portugal. Ou, como diz o slogan do partido “dar um pontapé no estaminé”.

E “o nosso “pontapé no estaminé”, afinal, está a ter um efeito muito mais intenso do que estávamos à espera. Anda uma euforia nacional, de indivíduos com alguma influência, visibilidade, capacidade intelectual a entrarem em defesa absoluta do estaminé. O que é o estaminé? É manter as coisas como estão”, conclui.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nescafé Dolce Gusto abre casa pop-up só para amantes de café
Automonitor
SEAT Mii electric quase a chegar