Christine Lagarde diz que criptomoedas são um «negócio estranho»

A volatilidade da Bitcoin continua, com a criptomoeda mais popular do mercado atingir os 38 mil dólares após uma subida de 9%. Isto depois de ter registado recentemente a primeira quebra em semanas.

Os ziguezagues da Bitcoin fazem com que Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu, apelide as criptomoedas, no geral, de «negócio estranho», uma vez que incerteza e pouca transparência são palavras de ordem. Citada pelo Business Insider, a responsável afirma que a Bitcoin tem de ser regulada a nível global, sublinhando que há casos em que surge associada a manobras de lavagem de dinheiro.

Segundo Christine Lagarde, a Bitcoin não é uma moeda, mas, sim, «um ativo altamente especulativo que tem conduzido a alguns negócios estranhos». Daí a necessidade de regulação e responsabilização, embora essa possibilidade não seja vista com bons olhos por todos os players.

Bambos Tsiattalou, advogado especializado em crime financeiro da Stokoe Partnership Solicitors, garante que regras mais apertadas seriam um problema para a criptomoedas: «Muitas pessoas compram Bitcoin e outras criptomoedas porque estão preocupadas e não confiam nas moedas tradicionais», explica o responsável. Em declarações à mesma publicação, refere que a atratividade seria destruída.


Comentários
Loading...