5 dicas para regressar ao trabalho com a ajuda da tecnologia

Por Teresa Ribeiro, directora de Marketing na bwd

Um regresso ao trabalho o mais suave e indolor possível é aquilo que todos desejamos. Para transitar da espreguiçadeira à cadeira do escritório sem grandes crises e sentir-se qual Cristina Ferreira no programa das manhãs, leve em consideração estas 5 dicas:

1 Em primeiro lugar, relaxe. Recorde os melhores momentos passados no seu local de trabalho durante o último ano… e fora dele. Lembra-se daquele cliente que fez questão de o elogiar? E aquele projecto que terminou em tempo recorde? Dê a si mesmo aquela palmadinha nas costas que não recebeu do seu chefe e, claro, lembre-se como tirou partido dos frutos do seu trabalho: o investimento na sua formação ou na dos seus filhos, as melhorias que fez à casa, aquele jantar ou viagem especial. Veja em facebook.com/memories o que andava a fazer há exactamente um ano e crie, também neste link, um vídeo com os seus melhores momentos para depois partilhar com a sua rede de contactos #notbacktoworkyet;

2 – Agora comece a organizar. Antes de começar a pensar nos mil e-mails que tem à sua espera, respire fundo, pense na boia de unicórnio que comprou este ano para os miúdos (mas que acabou por monopolizar), comece a planear calmamente a vida no novo ano lectivo e encare a tecnologia como a sua aliada na missão “casa organizada”. Apps como Evernote e Wunderlist ajudam na hora de criar listas de tarefas e a ter sempre presentes as prioridades do dia ou da semana. Voltando ao assunto dos e-mails, aqui vai um truque que tem muito pouco de tecnológico, mas que não resisto a partilhar: colocou a mensagem out-of-office? Programe-a para estar em vigor até um dia após o seu regresso e consiga assim um dia extra para gerir a caixa do correio. Shhh, é segredo…;

3 – Encontre tudo o que precisa. Foram dias e dias com os pés na areia e agora não consegue encontrar a versão actualizada daquele ficheiro. Situações como esta não terão de se repetir ao longo do ano se considerar implementar logo à partida uma boa estratégia de gestão de conteúdos. As vantagens são ilimitadas. Ao dar aos seus conteúdos uma “casa” apropriada com uma estratégia sólida e um sistema de ECM (entreprise content management) robusto, conseguirá aumentos de produtividade para si e para toda a equipa e verá a satisfação do seu chefe e dos seus clientes a disparar;

4 – Ganhe ainda mais tempo. Determine numa fase inicial um ou mais dias da sua semana, além do fim-se-semana, durante os quais não atenderá chamadas de trabalho. Para bloquear chamadas e sms’s de números que selcecione como indesejados e números privados (anónimos) ou desconhecidos tem como aliadas apps como a Calls Blacklist. Tudo para que as primeiras semanas sejam mais fáceis e menos stressantes;

5 – Esqueça as tarefas chatas e repetitivas. Provavelmente a perspectiva de ter de realizar actividades pouco estimulantes e morosas, tais como filtrar CV’s de candidatos à sua organização ou copiar e colar dados de ficheiros, estará a gerar alguma ansiedade desnecessária. Já pensou em robotizar estas tarefas? Tal como já fez em sua casa com o aspirador e o robô de cozinha, o melhor é mesmo ter uma solução que passará por robotizar todas estas “chatices”. Não comece já a imaginar um robô como os dos filmes de ficção dos anos 80. Hoje em dia, os robôs de software são as verdadeiras fadas do lar dos gestores e das organizações. Além disso, está mais ao seu alcance do que pode imaginar ter uma solução de RPA (robotic process automation) que vá ao encontro do número e tipo de tarefas que tem de automatizar.

Ler Mais

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.