5 problemas de diversidade que as empresas têm de resolver (se querem ganhar dinheiro)

Ser lucrativa e relevante será o sonho de qualquer empresa, mas atingir estes objectivos não é tarefa fácil. Um dos obstáculos está relacionado com a diversidade – ou falta dela – nas organizações e, por isso mesmo, há cada vez mais líderes atentos à necessidade de mudança.

O Business Insider recolheu testemunhos de responsáveis de empresas como Dell Technologies, Mastercard, Prudential Financial ou Bank of America e delineou os principais problemas de diversidade que os negócios têm de resolver este ano. Em comum, têm a mesma premissa: ser diverso e inclusivo já não é apenas um benefício, mas uma necessidade.

Dell

Para Brian Reaves, Chief Diversity & Inclusion Officer na Dell, é crucial compreender que nem todas as minorias são iguais. As políticas e os programas pensados devem reflectir esse aspecto, considerando as diferentes necessidades de uma mulher branca (minoria por ser mulher) ou de uma mulher afro-americana (minoria por ser mulher e afro-americana), por exemplo.

The Home Depot

Já Beatriz Rodrigues, Chief Diversity Officer na gigante de decoração e mobiliário The Home Depot, lembra que diversidade e inclusão não é sinónimo apenas de formações. No ano passado, diz a responsável, muitas empresas levaram a cabo sessões de consciencialização, um bom primeiro passo mas apenas isso – um primeiro passo. Este é um processo que requer continuidade e a implementação de acções mais concretas, que afectem o dia-a-dia das organizações.

AT&T

Métricas, métricas, métrica. O vice-presidente sénior de Recursos Humanos e Chief of Diversity Officer da AT&T, olha para o foco nas métricas como uma das tendências mais promissoras. De acordo com Corey Anthony, fazer promessas é fácil, mas resultados comprovados é o que tem um impacto real nas vidas e culturas das empresas. É uma forma de responsabilizar as companhias e garantir que cumprem aquilo que prometeram.

Mastercard

Randal Tucker, Chief Inclusion Officer da Mastercard, está certo de que proactividade é o segredo para resolver os problemas de diversidade e inclusão em ambiente profissional. Em vez de reagir a uma situação menos positiva para a empresa, o melhor caminho será evitar que os problemas apareçam. A diversidade deve ser, por isso, um objectivo de negócio, tal como o lucro.

Bank of America

Directamente do sector financeiro, chega um conselho que passa por dar atenção ao bem-estar emocional dos colaboradores. Segundo a Chief Human Resources Officer Sheri Bronstein, garantir o bem-estar emocional é fundamental para que os funcionários se possam entregar por completo ao trabalho que estão a desenvolver. É, além disso, um tópico de interesse para as novas gerações a entrar no mundo do trabalho.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Quer ir ao Burning Man? Cuidado com os bilhetes falsos
Automonitor
#Ensaio – Mercedes-Benz GLC 220d – A medida perfeita