Westcon: Trends da transformação do canal de TI em 2021

Um recente inquérito da Gartner CFO revelou que 74% dos inquiridos tencionavam transferir alguns empregados para o trabalho à distância numa base permanente. À medida que isto se estabelece como a forma de trabalhar, o nosso papel no canal é ajudar as organizações a irem além da sua resposta inicial “à crise” e torná-la um modo de funcionamento normal, sustentável e escalável, com o consequente investimento em tecnologia e requalificação em áreas tais como cloud, segurança, colaboração e desempenho da rede.

ADAPTAÇÃO A UM MUNDO SOFTWARE-DRIVEN

Haverá certamente uma necessidade de oferecer modelos comerciais de aquisição e consumo que satisfaçam as necessidades das organizações na crescente utilização de canais digitais. Os compradores B2C e B2B migraram para os canais digitais e é muito provável que continuem a pesquisar, comprar, aprender e partilhar as suas experiências por via digital.

É também provável que haja um interesse crescente na automatização, particularmente no que diz respeito a processos data-based, e além dos processos físicos como o fabrico ou logística. As empresas preocupadas com crises futuras irão agora recorrer à automatização para melhorar a sua agilidade e continuidade comercial e, a longo prazo, para reduzir os custos. Isto, por sua vez, impulsionará a procura tanto de capacidades centralizadas de cloud computing como de uma maior capacidade de processamento da rede numa variedade de adaptações a diferentes sectores.

RESILIÊNCIA E AGILIDADE INCORPORADAS

2021 vai assistir a uma procura de maior resiliência nas cadeias de abastecimento, bem como o seu redesenho, já que a pandemia revelou sérios riscos e dependências de redes de abastecimento críticas. A intenção declarada de muitos líderes políticos de “trazer as cadeias de abastecimento para casa” terá impacto nos locais de operações e na concepção da cadeia de abastecimento. No sector das TI, o aumento da dependência de soluções software-based verá alguma redução na necessidade de distribuição física, pelo que o valor que criámos na Westcon derivará para novas fontes, tais como a gestão do ciclo de vida das soluções e a concepção de soluções híbridas.

DIGITAL FIRST E DATA-DRIVEN MARKETING

Estamos assim num caminho acelerado para um modelo e organização de “digital first” e “data driven” na Westcon. 2021 verá a aplicação de tecnologia de marketing digital em quase todas as facetas das nossas operações a nível internacional. Isto abrangerá marketing automation, gestão e análise de social-média, eventos virtuais, programas dos parceiros, tradução automática e ferramentas analíticas para o planeamento e medição da actividade.

PRONTOS PARA O FUTURO

Na Westcon estamos assim preparados para enfrentar todos os desafios. As nossas actuais prioridades estratégicas estão centradas no desenvolvimento de capacidades e ferramentas para parceiros e fabricantes, uma vez que também eles enfrentam estes desafios e é para todo o canal que trabalhamos.

Este artigo faz parte do Caderno Especial “Executive IT”, publicado na edição de Maio (n.º 182) da Executive Digest.

Ler Mais


Comentários
Loading...