19 erros que está a cometer no LinkedIn

Erros ortográficos, ignorar os grupos, não dividir o perfil por secções e não ter recomendações credíveis são apenas alguns dos muitos erros que os utilizadores do LinkedIn cometem e que podem estar a impedi-los de encontrar uma nova oportunidade de trabalho. Pouco depois de a Microsoft ter anunciado que vai comprar a rede social por 26,2 mil milhões de dólares (23,2 mil milhões de euros), o site Inc. reuniu os 19 erros mais comuns dos profissionais presentes na rede.

Kim Brown, assistant director no departamento de Career Services da Syracuse University, é a responsável pela lista de erros. A profissional dedica grande parte do seu dia à visualização de perfis no LinkedIn, pelo que está habituada a detectar o que está errado.

1 – O perfil está recheado de erros ortográficos ou gralhas;

2 – Não ter fotografia no perfil;

3 – Ter uma fotografia com o namorado/a;

4 – Não ter uma imagem de fundo ou outros efeitos visuais;

5 – Não pensar com cuidado no cabeçalho do perfil;

6 – Não contactar pessoas através do LinkedIn Groups;

7 – Não personalizar os pedidos de ligação no LinkedIn;

8 – Fazer pedidos de ligação através do telefone;

9 – Não ter um LinkedIn URL único e pessoal;

10 – Não preencher a secção “Summary”;

11 – Não aproveitar as visualizações do perfil para falar com outros profissionais;

12 – Não dividir o perfil por secções;

13 – Listar capacidades (skills) que o LinkedIn não reconhece;

14 – Não ter recomendações credíveis;

15 – Não publicar fotografias, textos ou outras actualizações relacionadas com a profissão;

16 – Não manter contacto com a rede de contactos;

17 – Não fazer notas e pequenos lembretes sobre novos contactos;

18 – Não exportar a lista de contactos;

19 – Não aproveitar a opção “Find Alumni”.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...