O lado Z dos CEO

Meditação, caminhada, montanhismo, mergulho ou retiros. Face ao ritmo frenético a que gerem empresas, alguns CEO testemunham a necessidade parar. Para serem melhores.

Texto de M.ª João Vieira Pinto e TitiAna Amorim Barroso

Foto de Paulo Alexandrino

Produzir mais, consumir mais, viver de forma mais acelerada, em corrida e resposta contínua a vários estímulos. Informação a chegar por vários canais, contactos e estímulos constantes. Numa altura em que empresas, colaboradores e toda uma civilização vive a um ritmo superior ao “normal”, questões como bem-estar, foco ou ansiedade e burnout voltam a estar, mais ainda, na agenda dos dias.

Nesta edição, a Executive Digest conta, contudo, histórias de cinco grandes responsáveis de empresas com funções exigentes, de muita pressão e competitividade, que são hoje gestores e líderes mais calmos e saudáveis física, emocional e mentalmente: Helena Bento (JMD), Ricardo Parreira (PHC Software), João Vieira de Almeida (Vieira de Almeida), Paulo Pereira da Silva (Renova) e Nuno Ferreira Pires (Sport TV). Tal como a expressão atribuída a Buda, quando lhe perguntaram o que ganhava com meditar: «Ganhar, não ganhei nada, mas perdi ansiedade, stress, tristeza, dualidade e sofrimento.»

Leia este artigo na íntegra na edição de Agosto de 2019 da Executive Digest.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nescafé Dolce Gusto abre casa pop-up só para amantes de café
Automonitor
SEAT Mii electric quase a chegar