Portugal é prioritário para a J&J

A Janssen é a empresa com maior crescimento em Portugal no top 20 das farmacêuticas, integrando o Grupo Johnson & Johnshon (J&J), que acaba de investir 5,5 milhões de euros no País e trazer a primeira unidade de ensaios clínicos. Conheça a sua estratégia.

Texto de TitiAna Amorim Barroso

Foto de Paulo Alexandrino

É o braço musculado da Johnson & Johnson, o maior grupo de cuidados de saúde do mundo, e a terceira maior farmacêutica em Portugal. Dedicada às Neurociências, Imunologia, Oncologia, Infecciologia, Doenças Metabólicas e, mais recentemente por aquisição da Actelion, à Hipertensão Pulmonar, a Janssen quer ser número um ou dois em todas as áreas.

No mercado português, a empresa entrou em 1983, tendo sido a que mais cresce no panorama farmacêutico, muito devido à inovação, ao pipeline de produtos e à equipa. Quem nos conta todo o trabalho e estratégia em curso é Filipa Mota e Costa, que abraçou a função de liderar os destinos da filial portuguesa há dois anos – pela primeira vez é atribuída tamanha responsabilidade a uma mulher de nacionalidade portuguesa.

Leia este artigo na íntegra na edição de Novembro de 2018 da Executive Digest.

Ler Mais
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
WPP vende 60% da Kantar
Automonitor
Ensaio: Mercedes-AMG A 35 4MATIC – Genes desportivos