Mudanças

Por Bernardo Corrêa de Barros, Presidente do Turismo de Cascais

 

Sou alguém que adora política, que acredita na política e que também acredita que, exercer um cargo público é uma honra e que pode efetivamente contribuir para melhorar a vida das pessoas. Eu sou daqueles que não tem dúvidas que a democracia é o melhor de todos os sistemas e vibro com o simples facto de saber que o meu voto conta, que o meu voto faz a diferença.

As eleições, em especial as autárquicas, têm um real impacto na nossa comunidade mais próxima, são também uma prova de confiança por parte do eleitorado numa equipa (mas muito em especial no seu cabeça de lista), seja para a continuação de um trabalho já realizado, seja na renovação, acreditando que o seu voto de confiança trará melhorias significativas na sua vida.

Sou alguém que acredita profundamente nas relações Humanas, que acredita nas pessoas e na capacidade infindável que estas têm em se reinventar. Acredito que as relações humanas fazem crescer a confiança e que a confiança é um dos grandes motores invisíveis da economia.

As eleições são isto, pessoas a confiar em pessoas, com a esperança que estas venham a melhorar a sua rua, o seu bairro, a sua cidade, a sua qualidade de vida… com esperança de que estas pessoas tenham um real impacto nas suas vidas e na economia.

A verdade é que estas pessoas agora eleitas têm um real impacto nas nossas vidas e na economia.

A título de exemplo, a continuação de Carlos Carreiras em Cascais, garante à população a continuidade do projecto vencedor deste Autarca de fazer de Cascais “O melhor sítio para viver um dia, uma semana, ou a vida inteira”.  Já em Oeiras, a continuidade de Isaltino Morais, garante à população daquele Município a persecução do sonho de se poder viver e trabalhar no mesmo local.

O caso de Lisboa, é bem diferente… o povo escolheu mudar. Com a derrota de Fernando Medina e a vitória de Carlos Moedas, são esperadas grandes mudanças na gestão da Capital.

Lisboa é o nosso grande postal, o grande motor da nossa economia e naturalmente do nosso turismo. É ali que estão os nossos principais monumentos, os nossos principais museus, é na Capital que está localizado o nosso principal aeroporto, esse mesmo aeroporto que liberta milhões de turistas todos os anos para todas as regiões do País, e será muito interessante observar as mudanças que Carlos Moedas implementará na sua cidade.

Carlos Moedas é também ele um homem que acredita nas pessoas e defende que “Lisboa tem de ser uma cidade para as pessoas, para os lisboetas” e não uma Cidade construída em função dos turistas, defende ainda que “Tem de se ter a capacidade de ter turismo que funcione para as pessoas”.

Não posso concordar mais com Carlos Moedas, uma Lisboa virada para os lisboetas trará maior autenticidade à Capital e é exatamente isso que os turistas hoje procuram… Cidades vibrantes, vividas pelos seus, onde possam ter a experiência diferente da vida que têm nas suas Cidades, nos seus Países de origem… a receita McDonald´s há muito que não funciona no Turismo.

As Mudanças a implementar em Lisboa vão seguramente impactar muitos outros Municípios e não existam dúvidas que todos sairemos beneficiados com a melhoria da nossa Capital.

Ler Mais

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.