Há 50% de probabilidade de Notre Dame não poder ser salva

O reitor da Catedral de Notre Dame, em Paris, França, o monsenhor Patrick Chauvet,  afirma que há “50% de probabilidade” de que a estrutura não se salve completamente, porque os andaimes instalados antes do incêndio estão a ameaçar as abóbodas do monumento.

“Ainda não está nada fora de perigo. Só estará quando conseguirmos retirar toda a armação”, apontou à Associated Press. “Atualmente podemos dizer que há 50% de probabilidade de conseguirmos salvar tudo. E há 50% de probabilidade de a armação cair para cima das abóbadas.”

O religioso disse que “o edifício ainda é muito frágil”. As obras da catedral parisiense de 850 anos tentam aliviar os danos causados pelas chamas na estrutura do telhado e na agulha central e levam em conta que as abóbodas são cruciais para manter a enorme estrutura de pedra em pé.

“Precisamos remover completamente os andaimes para que o prédio fique seguro. Provavelmente, em 2021, iniciaremos a restauração da catedral”. Depois, temos de “avaliar a condição” da propriedade e decidir “a quantidade de pedras que serão removidas e substituídas”, detalhou Chauvet.

Recorde-se que o incêndio de 15 de abril destruiu todo o telhado da catedral francesa e o enorme pináculo que marcava um dos pontos mais icónicos da paisagem de Paris. A investigação levada a cabo sobre a origem do incêndio aponta para acidente relacionado com obras que decorriam numa das alas do monumento.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Quer ir ao Burning Man? Cuidado com os bilhetes falsos
Automonitor
#Ensaio – Mercedes-Benz GLC 220d – A medida perfeita