XXIV Barómetro Executive Digest: Bernardo Corrêa de Barros, Associação do Turismo de Cascais

A análise de Bernardo Corrêa de Barros, Presidente da Associação do Turismo de Cascais

As previsões económicas da Primavera da Comissão Europeia estimam que o PIB português seja o que mais cresce em 2022, 5,8%, por duas razões: partirmos de uma base baixíssima, a queda brutal do PIB em 2020, -8,4%, e o país ter sido dos que menos dinheiro público gastou no apoio a empresas e famílias durante a pandemia; e a forte recuperação do turismo, o meu sector, em 2021 e, sobretudo, em 2022, muito impulsionado pelo desvio de turistas para a Península Ibérica pela guerra na Ucrânia. A própria Comissão Europeia prevê para 2023 quer o regresso do crescimento do PIB aos habituais 2,7%, quer a normalização do contributo do turismo para o crescimento. A indústria do turismo tem de aproveitar todas as oportunidades, mas tem de enfrentar, como o País, a sua reforma estrutural que seria inevitável com a pandemia. 45% das empresas responderam que o maior desafio que enfrentarão em 2022 serão as previsões económicas e a incerteza na procura de produtos e serviços, 38% o planeamento para cenários diferentes e 34% flexibilizar e reter talento para se adaptar. Espero que tenhamos passado a pior fase da pandemia, enfrentamos agora uma guerra com efeitos económicos pesados, seguir-se-á, no top of mind, a emergência da adaptação às alterações climáticas. E o que me impressiona são as preocupações óbvias com os preços, com os custos e a reclamação de apoios para a recuperação das empresas, mas também menos sensibilidade para o reforço dos rendimentos das famílias, quando depois se considera a redução do consumo privado, que tem alimentado o crescimento, um risco, e queremos reter talento; e ainda pouca visão a médio/longo prazo que noto na menor importância que é dada ao investimento na sustentabilidade ambiental.

Testemunho publicado na edição de Junho (nº. 195) da Executive Digest, no âmbito da XXIV edição do seu Barómetro.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.