XXIII Barómetro Executive Digest: Nelson Pires, Jaba Recordati

A análise de Nelson Pires, General Manager da Jaba Recordati

O 23.º Barómetro reflecte como o mundo se tornou BANI. E quem responde são os líderes das maiores empresas que representam grande percentagem do PIB português. Até Fevereiro todos olhavam para 2022 como o ano da retoma, mas depois da Kreminologia da invasão da Ucrânia, 42% adiaram a expectativa de retoma para 2023 e 22% para o 2.º semestre deste ano. Embora antes, já a perspectiva inflacionista no mundo e o consequente aumento da taxa de juro que o BCE insiste em atrasar ao contrário do FED, já colocava em stand-by 74% dos investimentos previstos. Embora preocupante possa ser o futuro com o endividamento público. Mas em relação aos empresários, num cenário de incerteza o adiamento dos investimentos e “ficar quieto” é a decisão mais segura. Incerteza essa que já é certa nos custos da energia, electricidade e gás em níveis nunca vistos, a preocupar 63% das empresas. Sem falar na opinião dos cidadãos que não vem aqui reflectida. E o estado a tomar medidas paliativas, mas sem saber o que fazer. O que é confirmado pelas medidas tomadas pelo estado durante a pandemia. A maioria dos participantes não recorreu a nenhuma, sendo o financiamento bancário aquele a que mais recorreram. Talvez o perfil das empresas participantes não seja o adequado para representar as PME a quem estas medidas eram dirigidas mas diz muito da criatividade que o estado tem de ter para dinamizar a economia. E assim a expectativa de crescimento baixou para menos de 4% na grande maioria (90%). Uma especial referência para a preocupação com a cibersegurança num mundo que se tornou remoto! Um cenário de total incerteza quando tudo apontava para o fim da pandemia e o regresso à normalidade. Mas afinal a única certeza que podemos ter num mundo BANI é que tudo muda!

Testemunho publicado na edição de Abril (nº. 193) da Executive Digest, no âmbito da XXIII edição do seu Barómetro.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.