XXIII Barómetro Executive Digest: João Duque, ISEG

A análise de João Duque, Professor Catedrático do ISEG

«Deixem-me trabalhar!» A frase foi proferida por Aníbal Cavaco Silva na década de 90 na qualidade de primeiro-ministro, mas poderia aplicar-se hoje aos verdadeiros empresários portugueses. O questionário agora aplicado pela Executive Digest a um elevado número de empresários de referência de Portugal mostra que estes têm uma visão muito clara sobre o que falta ao país: criação de valor por unidade de capital investido. E isso consegue-se através de produtos e processos inovadores que respondam a desejos da procura, produzidos com elevada produtividade e eficiência e colocados através de uma força de vendas qualificada e orientada para o cliente. No fundo, deixem-nos trabalhar que nós sabemos como! Esta receita é a receita do seu sucesso! Mas é a receita de que Portugal necessita para poder fazer face aos grandes desafios que temos pela frente: a adequação da nossa oferta a uma procura cada vez mais exigente e sofisticada numa sociedade mais competitiva; em que vamos ter uma população em idade activa mais escassa; que vai suportar uma população cada vez maior que será dela dependente. E esta população dependente, com expectativas, exigências e longevidade cada vez maiores. E sendo ela dominante, com a maioria dos votos! Tomaria que a administração do Estado tivesse a mesma visão.

Testemunho publicado na edição de Abril (nº. 193) da Executive Digest, no âmbito da XXIII edição do seu Barómetro.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.