XX Barómetro Executive Digest: Pedro Afonso, Vinci Energies Portugal

A análise de Pedro Afonso, CEO da Vinci Energies Portugal

Um testemunho recente do Vice Almirante Gouveia e Melo ainda está presente na minha cabeça. Entre os planos de cenários mais seguros e mais perigosos, em temas complexos e vitais, não pode haver o “oxalá corra bem!”. É assim em cenários de vida ou morte, no bloco operatório, num cenário de combate, ou num complexo processo de vacinação. Todos sabemos que, em Portugal, somos capazes do melhor e do pior mas, se a vacinação foi a primeira batalha, unanimemente bem sucedida, a segunda será a da nossa economia, liderada por pessoas anónimas nas suas empresas, ou até de cada um de nós nas nossas vidas. A Confiança é um valor humano fundamental. É a partir da Confiança que a relação com os outros acontece. Assim é também nas empresas. O barómetro descobre um otimismo prudente. Muitos sinais positivos sobre o curto-prazo, após enorme resiliência. Algumas dúvidas sobre alguns impactos colaterais. Convenhamos: haverão sempre fatores externos – fora do nosso alcance mudar – mas perante um tamanho quadro de oportunidades a Confiança terá de prevalecer.Exigirá sacrifício, mas por um propósito maior: o do restauro da saúde da nossa economia e da nossa sociedade. Porque existe só um sítio onde se cria riqueza, que é nas empresas. E cabe um papel especial às lideranças empresariais: o papel de restabelecer Confiança neste caminho de retoma!

Testemunho publicado na edição de Outubro (nº. 187) da Executive Digest, no âmbito da XX edição do seu Barómetro.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.