WhatsApp vai bloquear mensagens a quem não aceitar novas regras

O WhatsApp regressa à carga para implementar as novas políticas de privacidade, mesmo após o grande número de queixas apresentadas recentemente pelos utilizadores.

15 de maio é data escolhida pelo WhatsApp (que é propriedade do Facebook) para a entrada em vigor destas políticas de privacidade. A partir deste dia, aqueles que não aceitaram as novas políticas verão as suas funções restringidas, mas as contas não serão automaticamente apagadas.

Assim, a partir de 15 de maio, o WhatsApp vai mostrar aos utilizadores uma mensagem quando abrirem a aplicação, na qual será pedido que aceitem então os termos e condições atualizadas.

O que acontece se não aceitar os termos e condições?

Como o WhatsApp escreve na sua página oficial, aqueles que não aceitarem os novos termos e condições a 15 de maio não poderão usufruir de todas as funcionalidades da aplicação.

“Se não tiver aceite os termos e condições até essa altura, o WhatsApp não apagará a sua conta. No entanto, não terá acesso a todas as funcionalidades do WhatsApp enquanto não os aceitar. Durante um breve período, poderá receber chamadas e notificações, mas não poderá ler nem enviar mensagens da aplicação”, explica a empresa.

O WhatsApp afirma também que é possível aceitar os termos e condições atualizados mesmo após 15 de maio e informa os utilizadores que a sua política sobre contas inativas será igualmente aplicável.

Contas inativas no WhatsApp

O próprio WhatsApp escreve no seu site que “de uma forma geral, as contas que estão inativas há mais de 120 dias serão apagadas a fim de manter a segurança, limitar a retenção de dados e proteger a privacidade dos utilizadores”.

A empresa também considera que uma conta está inativa “quando o utilizador não faz o login no WhatsApp”.

Aqueles que optarem por não aceitar a atualização dos termos e condições do WhatsApp podem optar por deixar ‘morrer’ a sua conta ou seguir os passos da app para a eliminar.

Ler Mais

Comentários
Loading...