Vírus informático com «grande potencial» já infetou quase 30 mil computadores da Apple

Nem mesmo os computadores da Apple resistem ao vírus informáticos. Há um novo malware (software malicioso) que está a infetar os dispositivos com o novo processador M1, de acordo com a empresa de cibersegurança Red Canary.

O código malicioso é conhecido como “Silver Sparrow” e, segundo a empresa, está atualmente presente em 29.139 computadores macOS num total de 153 países, desde os Estados Unidos a alguns países da Europa, nomeadamente o Reino Unido, a França e a Alemanha.

De momento, a finalidade do malware, bem como a sua origem, ainda é desconhecida. Os investigadores da Red Canary descobriram o vírus no início de fevereiro e consideram que tem um “grande potencial” para atacar os utilizadores.

“O alcance global do Silver Sparrow, a sua taxa de infeção relativamente elevada e a maturidade operacional sugerem que é uma ameaça razoavelmente séria, posicionada de forma única para entregar uma carga potencialmente impactante em qualquer altura”, afirma a empresa no seu site.

De acordo com a EuropaPress, o código malicioso é distribuído através de anúncios maliciosos, conhecidos como ‘adware’, que se escondem em aplicações e atuam como instaladores únicos.

O Silver Sparrow é o segundo malware identificado como nativo do processador M1, que foi introduzido pela Apple em novembro para substituir os chips clássicos da Intel.

Ler Mais

Comentários
Loading...