Vem aí uma onda de calor até ao último domingo de Maio. Temperaturas rondam os 30.º graus

O sol deverá brilhar em Portugal até ao último fim-de-semana de Maio. Os termómetros deveram andar perto dos 30.º graus, segundo dados do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Portalegre será o distrito mais quente. São esperados 36.º graus de máxima na quinta-feira.

Neste sábado, a máxima é de 29.º graus em Lisboa e a mínima de 17.º graus. Os dias mais quentes da semana serão quarta-feira e quinta, com as máximas a bater nos 33.º graus.

No último domingo de Maio, as previsões apontam para 29.º graus de máxima e 18.º de mínima.

Em Beja, os termómetros deverão atingir os 34 graus entre quarta-feira e sexta. Évora chega também aos 34.º graus na quinta-feira e sexta.

Na quarta-feira, também são esperados 34.º graus de máxima em Braga.

No Porto, as temperaturas começam a subir já este domingo: são esperados 27.º graus de máxima e 15.º de mínima. O dia mais quente da semana será quarta-feira, de acordo com o IPMA, que prevê temperaturas a rondar entre os 19.º e os 31.º graus.

As temperaturas começarão a descer logo no dia seguinte, para os 28.º graus de máxima. No domingo, dia 31 de Maio, são esperados 25.º graus de máxima e 15.º de mínima.

A Direção-Geral da Saúde, recorde-se, recomenda à população que tome medidas de protecção contra o calor, face à previsão de temperaturas elevadas para os próximos dias. Numa nota publicada hoje na sua página da Internet, a DGS recomenda à população que adopte várias medidas para se proteger do calor, principalmente as crianças, idosos, doentes crónicos, grávidas, pessoas com mobilidade reduzida, trabalhadores com actividade no exterior, praticantes de actividade física e pessoas isoladas.

Como medidas de prevenção dos efeitos do calor, a DGS recomenda o aumento da ingestão de água ou sumos de fruta natural, sem açúcar, e evitar o consumo de bebidas alcoólicas, bem como «procurar ambientes frescos e arejados ou climatizados».

Evitar a exposição directa ao sol, principalmente entre as 11 e as 17 horas, utilizar protector solar com factor igual ou superior a 30 e renovar a sua aplicação de duas em duas horas e após os banhos na praia ou piscina, são outras medidas recomendadas.

A DGS aconselha igualmente a população a usar «roupa solta, opaca e que cubra a maior parte do corpo», chapéu de abas largas, óculos de sol e a evitar actividades que exijam grandes esforços físicos, nomeadamente, desportivas e de lazer ao ar livre. Para quem tem de viajar de carro, a DGS recomenda para o fazer nas horas de menor calor.

Simultaneamente, o IPMA prevê para todos os distritos de Portugal continental e para os próximos dias, um risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta, com excepção da Guarda que está com níveis extremos. Para as regiões com risco extremo, o IPMA recomenda que se evite o mais possível a exposição ao sol e nos níveis elevados aconselha a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol, protector solar e evitar a exposição das crianças ao Sol.

Ler Mais
pub

Artigos relacionados
Comentários
Loading...