Vai de férias? Siga estas dicas para não ser roubado ou enganado pelos “caçadores” de cartões bancários

Depois das férias vem muitas vezes as dores de cabeça com cartões bancários e com homebanking, sobretudo quando estes serviços são utilizados no estrangeiro: cartões duplicados, fraude em vendas online ou roubos em praias, são muitas das ocorrências que todos os anos chegam às secretárias das instituições financeiras.

Assim damos-lhe algumas dicas, para que depois das “férias não venham as misérias”.

Compras online: Desconfie sempre

Em primeiro lugar, recomenda-se que esteja atento às compras online. Há cada vez mais publicidade invasiva que surge em certas aplicações, através da qual é comum os piratas informáticos podem ter a capacidade para roubar dados. Procure instalar uma app recomendada que elimine ou previna entrada em sites e aplicações com software malicioso.

Pague as despesas das férias antes de viajar

Como refere a plataforma Comparajá.pt, “antes de ir de férias, confirme com o seu banco se não tem nenhum serviço de deteção de malware, procure uma aplicação que bloqueie páginas maliciosas e nunca se esqueça de averiguar a segurança do site onde se encontra”.

Quando começar a planear as suas próximas férias, fale com a instituição financeira à qual pertence o seu cartão de crédito, para perceber se este tem associado algum seguro de viagem.

“Alguns cartões de crédito têm seguros associados (sendo que quanto mais premium for o cartão, maior é a proteção oferecida) que lhe oferecem uma proteção extra para o caso de ser hospitalizado ou de ter algum acidente fora do país e que requeira cuidados médicos. Mas para ter acesso ao seguro de viagem do cartão de crédito é necessário que pague a viagem com o mesmo”, explica a plataforma

As coberturas de um seguro de viagem que estão associadas ao cartão de crédito podem ir, como refere Comparajá.pt, desde o reembolso do valor do voo e da bagagem (caso seja perdida ou apresente danos) até ao pagamento de despesas médicas em caso de acidentes pessoais.

Dê preferência ao homebanking

Utilizar os canais digitais no seu smartphone é sempre uma boa maneira de não perder o cartão, nem de que este seja duplicado. Caso deseje evitar as comissões agravadas no estrangeiro, opte por utilizar um cartão de alguma plataforma com custos reduzidos.

Por fim, nunca se esqueça de mudar habitualmente a password dos seus canais digitais e do próprio smartphone.

Ler Mais


Comentários
Loading...