Último balanço mundial: mais de 338 mil mortos e mais de 5,2 milhões de infectados

A pandemia do novo coronavírus já matou pelo menos 338.128 pessoas e infectou mais de 5,2 milhões em todo o mundo desde Dezembro, segundo um balanço da agência “France-Presse” (AFP), às 11 horas de hoje, baseado em dados oficiais.

De acordo com os dados recolhidos pela agência de notícias francesa, já morreram pelo menos 338.128 pessoas e há mais de 5.218.261 em 196 países e territórios desde o início da epidemia, em Dezembro de 2019 na cidade chinesa de Wuhan.

Segundo a “AFP”, entre sexta-feira e hoje, a China não regista novos casos de contaminação com o novo coronavírus, pela primeira vez desde Janeiro, altura em que Pequim começou a publicar dados sobre a doença. Naquele país, foram registados um total de 82.971 casos, incluindo 4.634 mortes.

Os Estados Unidos são o país mais afectado, tanto em número de mortes quanto em casos, com 96.007 mortes em mais de 1,6 milhões de casos. Em termos de número de mortes, seguem-se o Reino Unido (36.393 mortos), Itália (32.616), Espanha (28.628 mortos) e França (28.289 mortos).

Na América Latina, novo epicentro da pandemia, a situação é particularmente alarmante no Brasil (21.048 mortes), mas também no Peru (3.244).

Esta avaliação foi realizada com dados recolhidos pela “AFP” junto de autoridades de saúde e informações da Organização Mundial da Saúde.

Portugal regista hoje 1.302 mortes relacionadas com a Covid-19, mais 13 do que na sexta-feira, e 30.471 infectados, mais 271, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Em comparação com os dados de sexta-feira, em que se registavam 1.289 mortos, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 1%.

Relativamente ao número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus (30.471), os dados da DGS revelam que há mais 271 casos do que na sexta-feira (30.200), representando uma subida de 0,89%.

A região Norte é a que regista o maior número de mortos (732), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (309), do Centro (230), do Algarve (15), dos Açores (15) e do Alentejo, que regista um óbito, adianta o relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24:00 de sexta-feira, mantendo-se a Região Autónoma da Madeira sem registo de óbitos.

Ler Mais
pub

Artigos relacionados
Comentários
Loading...