Twitter vai despedir 83% da sua força de trabalho em Espanha

A rede social de Elon Musk prevê despedir 82,7% da sua força de trabalho em Espanha, constituída até ao momento por 29 pessoas.

A notícia é avançada pelo jornal espanhol ‘El Pais’ que contactou fontes do setor. Desta forma, deixarão a empresa 24 pessoas que decidiram aceitar as condições que a empresa propôs para rescindir os seus contratos. Quem aceitou ser despedido será compensado com o pagamento de 33 dias por ano trabalhado, embora não tenham especificado se será estabelecido algum teto de anuidade.

Estes despedimentos estão relacionados com os esforços constantes de Musk para reduzir custos e pagar empréstimos. Os funcionários do Twitter em Espanha já tinham manifestado o seu medo em novembro passado de serem dispensados e que o seu trabalho fosse transferido para os escritórios da empresa na Irlanda.

Dos trabalhadores do Twitter em Espanha sobram cinco, que o jornal espanhol esclarece não aceitaram rescindir contrato com a rede social. Sobre o que lhes vai acontecer não se sabe.

Sublinha-se que apesar de Musk ter decidido rescindir contratos com trabalhadores a nível global, bem como encerrar escritórios, em cada país tem de obedecer às leis laborais praticadas nesses locais.

Elon Musk deixou de pagar a renda ao rei de Inglaterra. Multimilionário em dívida com propriedade de Carlos III

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.