Turistas estão a ser alertados sobre protestos na Catalunha

Os departamentos de Relações Internacionais e as embaixadas dos Estados Unidos da América, Reino Unido e Itália em Espanha estão a alertar os turistas sobre as manifestações a decorrer na região da Catalunha, nomeadamente em Barcelona. O objectivo é que os interessados em visitar esta parte do país estejam conscientes de que as ruas estão ocupadas por manifestantes.

Recorde-se que os independentistas saíram em protesto contra a sentença do Tribunal Supremo, que ditou penas de até 13 anos de prisão para nove líderes da Catalunha. Oriol Junqueras é um dos visados, tendo afirmado posteriormente que a realização de um novo referendo à independência da região é inevitável.

Perante o ambiente de conflito, a embaixada dos EUA publicou um aviso que dá conta das dificuldades de circulação, dos transportes públicos que foram afectados e dos voos cancelados. Indica também que foram registados confrontos entre manifestantes e a polícia.

O Reino Unido apresenta um alerta semelhante, sublinhando os problemas a nível de transportes, acesso aos aeroportos, estações de comboio e metro. Itália, por seu turno, informa sobre os mesmos constrangimentos mas afirma que a situação está, lentamente, a regressar à normalidade.

No mesmo sentido, o Turismo de Barcelona disponibilizou um número de telefone para responder às dúvidas de turistas. O serviço funciona em cooperação com a Protecção Civil e a Associação de Hotéis de Barcelona. Segundo adianta o El Economista, o sector teme as consequências negativas dos protestos.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nescafé Dolce Gusto abre casa pop-up só para amantes de café
Automonitor
SEAT Mii electric quase a chegar