Tráfego aéreo na Europa cai para valor mais baixo em 25 anos

Os operadores aeroportuários na Europa pediram mais apoio financeiro para ultrapassar a crise pandémica, numa altura em que tráfego caiu para o seu valor mais baixo em 25 anos.

O número de passageiros caiu 70%, ficando apenas nos 728 milhões em 2020 – o ano mais fraco desde 1995, de acordo com a Airports Council International (ACI) Europe, uma associação comercial da indústria que envolve mais de 500 aeroportos europeus.

Alguns governos ofereceram apoio para compensar as perdas geradas pela pandemia, mas as ajudas financeiras só são suficientes para cobrir menos de 8% das receitas perdidas, segundo o organismo.

As novas estirpes do coronavírus, que levaram a um ressurgimento do número de casos de covid-19 em vários países, acabaram com as esperanças de uma rápida recuperação no setor da aviação e nas viagens aéreas em 2021. Espera-se que as campanhas de vacinação em todo o continente europeu permitam apenas uma recuperação parcial este ano.

A ACI Europe prevê perdas nos lucros no valor de 14 mil milhões de euros este ano para as operadoras. A estimativa não inclui as empresas ou as atividades que dependem dos aeroportos.

A Alemanha é um dos países da Europa que está a planear um pacote de ajuda de 900 milhões de euros aos aeroportos do país, de acordo com um documento do Ministério dos Transportes. Este pacote junta-se à ajuda multibilionária concedida ao setor no país, até à data.

Ler Mais

Artigos relacionados
Comentários
Loading...