Trabalho Presencial vs Teletrabalho

Por Joana Freitas, mental coach & CEO Up Your Mind

A vida humana é um conjunto de desafios a ultrapassar, onde o importante é a reação escolhida para as diversas situações que possam surgir.

O trabalho remoto foi uma das medidas a que as empresas recorreram para reagir a uma fase pandémica – que ainda estamos a passar. Entre a necessidade de encontrar fórmulas mágicas para manter a motivação, o mesmo nível de produtividade, conciliar a vida familiar com a profissional e reuniões a serem interrompidas por crianças, os desafios de trabalhar em casa foram vários.

Agora que a pandemia está mais controlada e que a vacinação está a evoluir a passos largos, uma liberdade consciente mais permissiva começa a surgir – e o trabalho presencial começa a tornar-se uma realidade, embora com algumas limitações.

É neste momento que a ansiedade e o medo começam a surgir – quando pensamos muito e tentamos prever o que o futuro nos trará. Não nos podemos focar em algo que não podemos controlar, mas sim ajustarmo-nos da melhor forma à situação apresentada.

Quer o trabalho presencial quer o teletrabalho têm os seus prós e contras, mas vamos utilizar as ferramentas que temos à nossa disposição e gerir melhor a situação mediante a segurança e tranquilidade de cada um?

As empresas têm o dever de verificar o que será melhor para a entidade e para os funcionários. Vários estudos apontam que uma maioria prefere uma solução híbrida – alguns dias presenciais e outros dias em teletrabalho.

Temos de perceber que nem todas as empresas vão dar a opção de escolha aos funcionários, apesar de todos sabermos que quando o funcionário tem uma participação ativa nas decisões da empresa sente-se mais realizado, motivado e feliz. Caso não seja a sua empresa, permita-se valer do que é melhor para si e exponha.

A primeira pergunta que devemos fazer é: o que mais valoriza no mundo profissional? Quais são os valores que tem profissionalmente? Quem valoriza a segurança e o bem-estar vai preferir o teletrabalho até a equipa estar totalmente vacinada e sentirem-se protegidos; enquanto que os que valorizam o trabalho em equipa e bom ambiente, vão preferir o trabalho presencial.

É do conhecimento empresarial que o teletrabalho é produtivo para uma grande maioria, permite uma maior gestão de tempo e pode ser mais eficiente para os trabalhadores. Trabalhadores mais felizes trabalham com outro empenho, motivação e entrega.

Questione-se que vantagens consegue ter e sentir se for trabalhar presencialmente? E se ficar em teletrabalho? Só assim vai conseguir reunir as razões válidas e, quem sabe, expor – em conjunto com a empresa – como pretende exercer a sua atividade.

Nem todos ficarão contentes com as medidas que a empresa decidir, mas devemos recordar-nos que, no início, o teletrabalho foi um obstáculo e o monstro de muitas famílias, mas agora muitos pretendem regressar a essa rotina que tinham.

Mesmo que não goste da decisão a que a empresa recorra lembre-se que tudo são desafios. Este é apenas mais um e será fácil de ultrapassar. Somos capazes de tudo e adaptamo-nos sempre a todas as situações. Tente viver o dia a dia e aproveitar cada passo que dá… e, se tudo tem lado positivo e negativo, valorize apenas o positivo.

Ler Mais


Comentários
Loading...