Trabalho presencial e trabalho remoto: CEO da Apple quer combinar “o melhor dos dois mundos”

O CEO da Apple, Tim Cook, discursou durante a cimeira TIME100 sobre as necessidades de evolução da empresa para as mudanças do local de trabalho causadas pela pandemia, especificamente o trabalho remoto e a saúde mental dos funcionários.

O responsável disse que a sua empresa está a experimentar encontrar um meio termo entre o trabalho remoto e no escritório, falando num projeto “piloto” onde estão a tentar “encontrar um lugar que fique com o melhor destes mundos e os junte em algo melhor”, segundo declarações divulgadas pela ‘CNN Business’.

A publicação dá conta de que alguns funcionários estão contra o programa piloto de voltar ao escritório que a Apple está a implementar e que o grupo de trabalhadores conhecido como “Apple Together” está a apelar ao bem-estar e aos direitos dos funcionários, pedindo mais flexibilidade.

Para além destas preocupações, Cook frisa a necessidade de as empresas se focarem nos desafios de saúde mental causados pela atual conjuntura laboral.

“Acho que a saúde mental se tornou muito mais importante nestes últimos dois anos do que era antes da pandemia (…) Não apenas por causa da pandemia, mas também por todas as coisas que estão a acontecer para além da pandemia.”



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.