Trabalhadores do privado com filhos em quarentena só recebem a 100% com o Orçamento aprovado

Até à entrada em vigor do Orçamento do Estado, a regra que se aplica é o pagamento de 65% do salário.