Tese de mestrado da Católica-Lisbon eleita pelo Banco de Portugal como a melhor do país na área de economia

A tese de mestrado em economia da Católica-Lisbon, elaborado por Martim Leitão, ganhou a distinção de melhor tese de país no âmbito da economia portuguesa, atribuído pelo Banco de Portugal.

A tese de mestrado em Economia “And Yet, They Last: The Employment and Productivity Effects of Crises on Firms in Portugal” foi considerada a melhor tese de mestrado de Economia em Portugal no biénio de 2020-2022, tendo sido distinguida com o Prémio “José da Silva Lopes”.

“É um sentimento muito gratificante ver reconhecida uma investigação que pode melhorar a nossa compreensão sobre como as crises se propagam numa economia. Esta linha de investigação pode ainda contribuir para um melhor desenho de políticas publicas e afetar dramaticamente o bem-estar das pessoas”, disse Martim Leitão, graduado vencedor do prémio.

Filipe Santos, Dean da Católica-Lisbon, diz que a instituição está orgulhosa “com a distinção atribuída ao nosso aluno Martim Leitão, bem como dos restantes alunos cujo trabalho de investigação foi hoje reconhecido, encontrando-se entre as melhores teses de mestrado em Economia de todo o país.”

O prémio foi anunciado na 11ª Conferência do Banco de Portugal com o tema “Desenvolvimento Económico do Espaço Europeu” – dedicado à análise de políticas públicas em Portugal. O regulador atribui bienalmente, em parceria com a Fundação Francisco Manuel dos Santos, um prémio à melhor tese de mestrado em economia, com o objetivo de promover e reconhecer o mérito na elaboração de estudos económicos.




loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.