Tentativas de alterar nomeação no BdP falham desde 2015

Nos últimos cinco anos foram apresentadas seis propostas para alterar o modelo de nomeação do governador do Banco de Portugal (BdP), mas apenas uma foi alterada, avança o “Jornal de Negócios”.

Segundo o jornal, duas ainda estão em discussão, mas não deverão ser votadas antes de o próximo governador ser nomeado, já em Julho.

O único projecto aprovado é do PS, detalha o “Jornal de Negócios”, acrescentando que foi mesmo a primeira proposta para alterar o modelo de nomeação do governador. O projecto remonta a 2015, altura em que o Governo de Pedro Passos Coelho se preparava para renovar o mandato de Carlos Costa e numa altura em que se questionava a actuação do BdP na queda do Banco Espírito Santo.

A versão final do projecto, recorda o jornal, apenas introduziu a obrigatoriedade de uma audição parlamentar prévia à nomeação de um novo governador, da qual não resulta qualquer parecer vinculativo.

pub

Comentários
Loading...