Teletrabalho volta a ser obrigatório, mesmo sem acordo

A medida foi anunciada há instantes pelo primeiro-ministro, António Costa depois da reunião do Conselho de Ministros. Tendo em conta que «não tem havido o cumprimento das regras da obrigatoriedade do teletrabalho sempre que ele é possível, estas medidas serão acompanhadas de duas alterações importantes», começou por referir.

«Tal como aconteceu em março e abril o teletrabalho é imposto sem necessidade de acordo entre entidade patronal e trabalhador», afirma acrescentando: «O teletrabalho é mesmo obrigatório sempre que ele é possível».

Para além disso, segundo o responsável, «para assegurar o cumprimento desta obrigação, consideramos como muito grave a coima decorrente da violação da obrigatoriedade do teletrabalho». Desta forma, «para sinalizar a todos que a responsabilidade individual tem de se solidarizar com a coletiva, todas as coimas que estão previstas por violação de qualquer uma das normas relativas às medidas de contenção da pandemia» são duplicadas».

Recorde-se que hoje foi o dia em que o Governo anunciou um regresso ao confinamento de abril e março, mantendo-se uma situação muito semelhante, apenas com uma diferença: as escolas mantém-se abertas, algo que não aconteceu no primeiro confinamento.

Assim, haverá novo dever de recolhimento obrigatório em Portugal, que entra em vigor à meia noite da próxima sexta-feira, dia 15 de Janeiro. António Costa deixou claro que as novidades deverão apontar a um horizonte de um mês, abrangendo, por isso, pelo menos parte de Fevereiro.

«Cada um de nós deve ficar em casa. As exceções existem porque não deixaremos de ir à mercearia fazer as compras de que necessitamos. Não deixaremos de poder ir trabalhar, mas a regra é essencial: é ficar em casa.», afirmou.

Para além das escolas, uma outra exceção diz respeito às eleições presidenciais de dia 24 de Janeiro, de modo a garantir o exercício deste direito dos portugueses.

Recorde o que pode (ou não) fazer neste novo Estado de Emergência:

Ler Mais

Comentários
Loading...