Tecnológica Blip cria comité de sustentabilidade e oferece bónus de 400 euros a colaboradores em teletrabalho

Blip Green é a designação do novo projeto da tecnológica portuguesa Blip no sentido de desenvolver boas práticas na área da sustentabilidade. No fundo, trata-se de um novo comité interno que tem como missão criar e implementar ações neste campo e encontrar formas de cativar todos os colaboradores para a adoção de comportamentos mais amigos do ambiente.

De acordo com a Blip, dedicada ao desenvolvimento de aplicações personalizadas para entretenimento online, é importante que a sustentabilidade faça parte da cultura organizacional da empresa.

«Compete ao Blip Green – o comité de sustentabilidade – efetuar o acompanhamento das linhas orientadoras da estratégia da empresa nesta área, promover uma cultura interna assente na otimização de recursos e apelar para a necessidade de adoção de comportamentos mais conscientes, contribuindo para a redução da pegada ecológica da atividade da empresa», explica Diogo Cruz, Operations manager da Blip.

A pensar num possível regresso ao escritório, está prevista a introdução de um sistema de divulgação da quantidade de lixo produzido na empresa diariamente, mas também a criação de um plano de consciencialização para o desperdício, ações de limpeza de ruas, praias e matas, a realização de grupos de debate internos e externos e a continuação do projeto de hortas de biocompostagem já existente nas instalações da Blip. Neste momento, os alimentos que nascem desta horta já são usados para fazer sopa para os colaboradores.

A partir deste mês, a Blip passa também a incluir um vaso com sementes no kit de boas vindas entregue a todos os novos funcionários.

Enquanto o regresso ao escritório não é possível, a Blip compromete-se ainda a apoiar os seus colaboradores a trabalhar a partir de casa: ofereceu um bónus de 400 euros a todos os profissionais em teletrabalho para ajudar com contas de eletricidade, gás e água.

Ler Mais

Artigos relacionados
Comentários
Loading...