Taxa de inflação sobe para 3% na Zona Euro. Portugal no top3 das taxas mais baixas

A taxa de inflação anual subiu, em agosto, para 3% na Zona Euro, o que compara com os 2,2% no mês anterior, segundo o Eurostat. Portugal registou a terceira percentagem mais baixa dos países da União Europeia (UE), com 1,3%.

Os dados do gabinete estatístico da UE revelam que, em agosto de 2021, a taxa de inflação anual fixou-se nos 3%, contra 2,2% em julho deste ano e -0,2% em agosto de 2020.

Já no conjunto da UE, a taxa de inflação anual foi de 3,2% em agosto, acima dos 2,5% de julho e comparando com uma percentagem de 0,4% em agosto de 2020.

Entre os países europeus, Portugal registou a terceira taxa de inflação anual mais baixa em agosto, de 1,3%, apenas superior à de Malta (0,4%) e da Grécia (1,2%).

No sentido inverso, as taxas de inflação anuais mais elevadas foram registadas na Estónia, Polónia e Lituância, todos com 5%.

O Eurostat adianta ainda que, em comparação com o mês anterior de julho, a inflação anual manteve-se estável apenas num Estado-membro e aumentou nos restantes 26.

Quanto aos motivos que levaram a esta subida da inflação anual, o gabinete estatístico aponta para os preços da energia (+1,44 pontos percentuais, pp) como o maior contributo para esta variação, seguidos por bens industriais não energéticos (+0,65 pp) e alimentação, álcool e tabaco e serviços (ambos +0,43 pp).

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.