TAP triplica preços. Bilhetes do voo humanitário Brasil-Lisboa chegam aos 1.800 euros

A companhia aérea portuguesa, TAP, encontra-se a triplicar o valor dos bilhetes do voo humanitário que parte do Brasil rumo a Lisboa, para cidadãos com bilhetes de outras companhias aéreas, que ficaram retidos no país e querem regressar no próximo sábado, de acordo com o ‘Jornal de Notícias’ (JN).

Segundo a mesma publicação, os passageiros que não têm bilhete da TAP, terão de pagar por cada pessoa 1.800 euros, o que é cerca do triplo do preço normalmente praticado pela empresa. Para além disso, no caso de brasileiros que pretendem regressar de Portugal ao seu país os valores chegam aos dois mil euros.

Estes números, adianta o jornal, estavam no site da companhia aérea até ao final do dia de ontem, mas entretanto foram retirados. O preço de 1.800 euros foi cobrado aos passageiros que não tinham bilhete TAP, nem prioridade, ao contrário de outros com doenças associadas ou que se tratavam de crianças.

Ainda assim, uma fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros, garantiu ao jornal que esses valores não correspondem aos praticados efetivamente pela TAP, embora estivessem divulgados no seu site até esta segunda-feira. Para já, não houve qualquer resposta da empresa a esta matéria, segundo o ‘JN’.

Recorde-se que no fim de semana foi confirmado pelo Consulado Geral do Brasil em Portugal, a realização de um voo do Brasil para Portugal, no próximo sábado, dia 27 de fevereiro. «Os dois Governos vêm mantendo contactos para facilitar a realização dos voos extraordinários desde a suspensão das operações, decretada pelo Governo Português a 27 de Janeiro de 2021. As companhias aéreas foram comunicadas das condições estabelecidas pelo Governo Português para autorizar voos desta natureza», confirmou o organismo em comunicado.


Comentários
Loading...