Susto no Algarve. A380 sobrevoou praias entre Faro e Vilamoura a apenas 300 metros do mar

A tarde deste quarta-feira teve um início agitado para os banhistas que estavam nas praias algarvias entre Faro e Vilamoura, com a passagem a apenas 300 metros de altitude de um Airbus380 da companhia Hy Fly.

Os banhistas viveram alguns momentos de apreensão já que o maior avião de passageiros do mundo passou por duas vezes, em voo rasante, por exemplo, na Praia da Rochinha, também conhecida por Praia dos Tomates.

Segundo avança a RTP, o comandante do avião A380 era o próprio proprietário da companhia área, que estava a fazer um voo de treino, sem passageiros.

O comandante do avião pediu autorização para aterrar no Aeroporto de Faro mas não foi autorizado por falta de condições e a rota acabou por ser este voo que surpreendeu e assustou quem estava nestas praias.

Este Airbus380, com capacidade para transportar até 850 passageiros, está habitualmente estacionado em Beja, onde aliás estava já há muito tempo parado e houve agora a necessidade de fazer este voo de treino.

Os voos rasantes deste avião, com cerca de 73 metros de comprimento, casou mesmo alguns momentos de pânico entre os banhistas que recearam que fosse fazer uma aterragem de emergência. O que não aconteceu.

Apesar da situação de desespero, a Hi Fly já havia divulgado um alerta aos ‘spotters’ e a todos os entusiastas da aviação que se encontram de férias no Algarve, para a passagem do seu Airbus A380 pelo sul de Portugal, numa ocasião que  permitiria “tirar fotografias únicas”, sublinhava a companhia.

O ‘Super Jumbo’ do grupo português de aviação comercial, que ostenta a pintura ‘Save The Coral Reefs’, uma iniciativa do Grupo Mirpuri, proprietário da companhia, partiu do Aeroporto de Beja, pelas 14h30 desta quarta-feira, e sobrevoou o litoral do Algarve, nomeadamente sobre as cidades de Faro e de Vilamoura, durante cerca de uma hora, num voo de verificação, segundo anunciou a Hi Fly.

Mas esta mensagem, de uma iniciativa organizada e já prevista, não terá chegado à grande maioria dos banhistas das praias algarvias que viveram momentos de verdadeiro desespero.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...