Suíça tem nova “bateria gigante” que dá para carregar 400.000 carros elétricos. Investimento foi de 2,2 mil milhões de euros

A Suíça encontra-se a desenvolver a sua independência energética, e o mais recente projeto helvético é uma hidroelétrica subterrânea capaz de armazenar eletricidade suficiente para carregar 400.000 baterias de carros elétricos simultaneamente.

A fábrica de Nant de Drance, no cantão de Valais, teve um investimento de 2,2 mil milhões de francos suíços (2,2 mil milhões de euros), será inaugurada oficialmente no próximo mês e funciona como uma bateria gigante, revela a ‘Reuters’.

Este projeto conta com seis turbinas que se estendem debaixo do solo por 600 metros com capacidade de 900 MW, tornando-a uma das usinas reversíveis mais potentes da Europa. Quando está no pico da capacidade, esta fábrica produz eletricidade a partir de energia hidrelétrica, mas quando a produção de fontes como eólica e solar excede a procura, a fábrica armazena a eletricidade excedente, bombeando água para o reservatório mais alto de Vieux Emosson.

“A quantidade de energia que pode realmente ser armazenada nesta instalação é simplesmente gigantesca, cerca de 20 GWh… Isso significa que com um tanque cheio no Vieux Emosson, é possível recarregar 400.000 baterias de carros elétricos simultaneamente”, explica o diretor Alain Sauthier, que acredita que esta não é apenas uma fábrica importante para a Suiça, pois “contribuirá para a estabilidade da rede na Europa e para a segurança do abastecimento na Europa”.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.