Stellantis aumenta faturação em 20% nos primeiros três trimestres

O grupo Stellantis encerrou os primeiros três trimestres de 2021 com um aumento do volume de negócios de 20,6% para 107.861 milhões de euros, segundo o ‘El Economista’.

No entanto, no terceiro trimestre do ano, o consórcio automóvel reduziu o seu volume de negócios em 14% face ao período homólogo, para 32.551 milhões de euros.

No acumulado do ano, a Stellantis vendeu 4,3 milhões de unidades, 14,3% a mais do que no mesmo período do ano passado.

Entre julho e setembro, as vendas do consórcio caíram 27%, atingindo 1,13 milhões de unidades, tendo o grupo perdido perdido cerca de 30% da produção prevista para o período, o que representa cerca de 600 mil unidades devido à crise global de semicondutores

Na América do Norte, o volume de negócios aumentou 15,8% para 47.979 milhões de euros, enquanto na Europa subiu o volume de negócios subiu 16,4%, para 43.662 milhões.

A América do Sul contribuiu com 7.482 milhões de euros no primeiro trimestre, Oriente Médio e África 3.592 milhões, China, Índia, Ásia e Pacífico 2.832 milhões.

Também no terceiro trimestre do ano, a América do Norte reduziu o seu volume de negócios em 16,4%, para 15.532 milhões de euros, enquanto a América do Sul, por sua vez, aumentou a sua faturação em 43%, para 2.546 milhões.

A Europa também reduziu o seu volume de negócios em 21,4%, atingindo um total de 11.622 milhões de euros.

Para o final do ano, o grupo confirmou uma margem operacional de cerca de 10%, assumindo que não haverá uma nova deterioração na oferta de semicondutores.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.