Shiba Inu volta a surpreender investidores e dispara mais de 150% na última semana

A ‘Shiba Inu’ passou da 11.ª para a 9.ª maior capitalização de mercado da tabela das criptomoedas (39.577.626.650 dólares norte-americanos).

Depois de ter dado nas vistas com uma variação semanal superior a 100%, o “meme” volta a atrair a atenção dos investidores, com um aumento na cotação de 156%, a sete dias, com um crescimento de 36.21% só nas últimas 24 horas, para os 0,00007208 dólares, segundo os dados da Coin Market Cap.

Evolução da Shiba Inu. Créditos: Coin Market Cap
Evolução da Shiba Inu. Créditos: Coin Market Cap

Por outro lado, a Bitcoin, depois de superar um recorde histórico, ao bater há pouco mais de uma semana nos 67 mil dólares, desceu 7,74% na última semana, ainda que com uma subida de 3.51% nas últimas 24 horas, para os 61.044.13 dólares, com a primeira capitalização de mercado da tabela (1.149.517.831.793), de acordo com a mesma plataforma.

O movimento foi acompanhado por outros ‘tokens’, como a Ethereum, o criptoativo com a segunda maior capitalização de mercado (488.899.156.127 dólares), que desceu 3,34% nos últimos sete dias, depois de acompanhar a subida da Bitcoin, com a cotação a aumentar 2,89% nas últimas 24 horas, para os 4.139,32 dólares.

A Dogecoin, outro criptoativo meme apadrinhado por Elon Musk a par da Shiba Inu, desce para a 10ª. maior capitalização de mercado (39.710.744.380 dólares), ainda que com uma tendência positiva nos últimos sete dias (17.36%) e nas últimas 24 horas (29.96%), para os 0,3007 dólares.

A petição desencadeada na internet, para que a Robinhood Markets inclua no seu portefólio o criptoativo ‘Shiba Inu’ está a levantar “o meme” da queda provocada pelo empurrão de Elon Musk.

Uma petição no Change.org a pedir que a Robinhood liste a Shiba Inu – uma criptomoeda meme inspirada no Dogecoin – tem neste momento mais de 326.000 assinaturas.

Na apresentação de resultados da empresa, que ocorreu esta terça-feira, o CEO da Robinhood, Vlad Tenev, disse que está a ponderar “cuidadosamente” adicionar novos ‘tokens’ à sua carteira de investimento.

Atualmente, contrariando todas as expectativas, 64% da receita arrecadada pela plataforma advém de transações de ‘Dogecoin’, o meme apadrinhado por Elon Musk. Sendo a restante precentagem ocupada pela Biitcoin, Ethereum e outros criptoativos.

Este domingo, a Shiba Inu subiu 15% atingindo o seu valor máximo desde sempre, seguindo a tendência do último mês, período durante o qual que o criptoativo disparou 400%, tornando-se a 11.ª criptomoeda com maior capitalização do mercado.

Esta subida foi alimentada por uma publicação no Twitter de Elon Musk com o seu cão de estimação.

Esta segunda-feira, um seguidor perguntou, na mesma rede social ao CEO da Spaxe X, se este  detinha alguma unidade deste ‘token’, ao que Musk respondeu “nenhum”.

“Só comprei Bitcoin, Ethereum e Dogecoin”, confessou.

A resposta negativa do autodenominado “imperador de morte” levou a Shiba Inu a sofrer uma queda de 7.29%, horas depois, para os 0.000038 dólares, segundo os dados da Coin Market Cap.

 

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.