“Senhorios não estão solidários com lojistas”, acusa associação de marcas de retalho e restauração

Por cada 175 mil euros de prejuízo registado pelos lojistas, os proprietários de cada loja apresentam apenas 1000, num “desequilíbrio insuportável para quem está há mais de dois meses (15 de março) proibido de levar a cabo a sua atividade comercial por determinação do Governo, no âmbito das medidas aplicadas de combate à covid-19”, afirma a AMRR – Associação de Marcas de Retalho e Restauração.

Estas contas, que para a associação “são fáceis de fazer e os resultados não podiam ser mais demonstrativos da falta de solidariedade dos senhorios com os lojistas”, foram apuradas num estudo que realizou com base nos dados contabilísticos de abril dos seus associados (mais de 1400 lojas em Portugal Continental, Madeira e Açores).

Corrigir este desequilíbrio, para a AMRR “é urgente” atendendo a que todos os agentes económicos estão a ser chamados a responder a um desígnio quase patriótico de promover uma rápida retoma económica.

Assim, a associação exige aos senhorios uma maior participação no esforço exigido aos lojistas, bastando que aceitem a isenção de pagamento de rendas enquanto as lojas estiverem fechadas por decisão do governo. “Esta medida, com base nos dados contabilísticos recolhidos, significa que por cada euro sacrificado pelo senhorio, o lojista teria de suportar apenas 13”, reforça a associação.

A associação sublinha ainda que o encerramento das lojas não significa a inexistência de despesas por parte dos operadores económicos. Além das rendas (33% da despesa média de cerca 75 mil euros – nos dois meses e meio de encerramento), os lojistas pagam aos colaboradores (28%), incluindo os do lay off, a mercadoria perdida (16%), os custos fixos (14%) e suportam outras despesas (9%).

A AMRR entende ainda que as empresas gestoras dos centros comerciais também devem ser incluídas neste esforço, “numa demonstração clara e inequívoca de empenho na recuperação da atividade económica que a todos beneficia”, conclui.

Ler Mais
pub

Artigos relacionados
Comentários
Loading...