Seguradora portuguesa alvo de dois ciberataques. Dados foram distribuídos na Dark Web

A Una Seguros foi alvo de dois ciberataques, nos dias 2 de dezembro e 13 de janeiro. Ambos os ataques foram perpetrados pelo grupo de cibercriminosos Play, e os dados foram distribuídos na Dark Web.

A notícia é avançada pelo ‘Expresso’ que, junto de especialistas em cibersegurança, confirmou que 6,6 GB de dados extraídos após os ataques à seguradora estão na Dark Web, entre eles réplicas de cadastros criminais, passaportes e cartões de cidadão, bem como dados relativos a exames médicos.

No entanto, a seguradora confirma que os cibercriminosos não conseguiram entrar nos sistemas que gerem a informação dos clientes.

Os incidentes foram comunicados à Polícia Judiciária, à Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD), ao Centro Nacional de Cibersegurança e Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões.

A empresa confirma também que não houve qualquer reivindicação de resgate ou compensação financeira para travar a publicação dos dados, no entanto, houve tentativas de venda dos dados na Dark Web.

Podem os robôs ser totalmente autónomos nas fábricas? Ciberataques são o principal receio dos trabalhadores

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.