Santander duplica número de clientes angariados no segundo trimestre e deixa BBVA para trás

O Santander conseguiu, durante o segundo trimestre do ano, alcançar os 150,4 milhões de clientes em todo o mundo. O grupo conseguiu entre abril e junho um total de 1,8 milhão de novos clientes, o dobro dos angariados no primeiro trimestre.

O relatório enviado à Comissão espanhola de Mercado e Valores Mobiliários, destaca ainda ” o aumento do ritmo de vendas por canais remotos (38%) e no volume de transações, o que permitiu que, pela primeira vez, mais da metade do marketing banco seja direcionado para a internet.

Já o rival BBVA perdeu quase um milhão de clientes no último trimestre, batendo nos 79 milhões. O “El Economista” aponta como causa para esta derrota a venda da operação a retalho no banco executada em junho nos EUA.

O Santander registou um lucro de 3.675 milhões de euros no primeiro semestre, depois do prejuízo recorde de 10.798 milhões de euros registados um ano antes, após ajustar o valor das filiais no Reino Unido, EUA e Polónia.

O lucro, excluindo o encargo líquido de 530 milhões de euros por custos de reestruturação anunciado no primeiro trimestre, foi de 4.205 milhões de euros, mais 153% do que na primeira metade de 2020, segundo o comunicado enviado ao regulador dos mercados espanhol (CNMV).

A margem bruta, que inclui as vendas, avançou 1,9% em termos homólogos e alcançou os 22.695 milhões de euros, impulsionado, entre outras coisas, pelo aumento dos créditos (2,1%) e dos depósitos (5,6%).

A taxa de crédito malparado reduziu-se, uma vez mais, até aos 3,22%, após os 3,26% de junho de 2020, enquanto o custo do crédito melhorou para os 0,94% dos 1,26% anteriores pela diminuição das provisões.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.