Santander UK contratou escritório de advogados para investigar ida de banqueiros a bar de strip

O Santander no Reino Unido (Santander UK) contratou uma empresa de advogados para realizar uma investigação interna que pretende averiguar as acusações de que um grupo de banqueiros visitou um clube de strip em Londres, após um dia de reuniões. A investigação quer apurar se os mais jovens foram pressionados a participar.

A informação avançada pelo ‘Financial Times’ dá conta que o incidente ocorreu em fevereiro na capital britânica, quando a equipa de mercado de capitais do banco realizou reuniões de departamento. Aí, sete membros masculinos da equipa, incluindo três gestores de topo e quatro juniores deslocaram-se a um bar de strip.

De acordo com um porta-voz do banco, o Santander UK tem uma atenção particular com a conduta dos seus funcionários e segue um “processo rigoroso” para garantir que os fatos sejam apurados e que “as medidas apropriadas sejam tomadas conforme necessário”.

O Santander UK contratou assim o escritório de advogados norte-americano Gibson Dunn que conduziu uma investigação interna durante o verão, e concluiu, após entrevistar 15 pessoas envolvidas, que não houve pressão explícita exercida sobre funcionários mais jovens, revela uma fonte próxima do assunto ao ‘Financial Times’.

Nenhum dos envolvidos foi despedido, mas um dos gestores foi alvo de uma ação disciplinar.




loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.