Saiba como pagar online de forma segura

Por Gonçalo Santos Lopes, Country Manager da Visa em Portugal

Com o aumento da oferta disponibilizada, as compras online oferecem um mundo de possibilidades. Permitem explorar as nossas paixões de uma forma conveniente e acessível, quer se trate de compras de roupa vintage, de bilhetes de concertos, ou de obter o melhor negócio sobre um determinado produto ou serviço. No entanto, como passamos muito tempo online, é fundamental estarmos conscientes do que podemos fazer para nos mantermos seguros.

De acordo com o Banco de Portugal, a taxa de fraude com cartões foi de 0,03% no primeiro semestre de 2021[1]. Embora estas sejam taxas muito baixas, os consumidores não devem baixar a guarda e devem saber como podem prevenir tentativas de fraude, nomeadamente de phishing, uma técnica de engenharia social bastante comum nos dias de hoje, em que os criminosos tentam obter passwords e dados pessoais através de webistes, emails, telefonemas ou SMS falsos que parecem ser provenientes de uma fonte credível como per exemplo um Banco ou um emissor de cartões.

É importante ajudar os consumidores a compreender melhor as dificuldades que enfrentam e assegurar que possam pagar com confiança. A solução passa pela utilização de múltiplos níveis de segurança que têm como função prevenir tentativas de fraude, proteger os dados dos consumidores e ajudá-los a recuperar o seu dinheiro, caso alguém utilize um cartão sem a devida autorização do seu proprietário. Mas também há coisas que todos podemos fazer, no nosso dia-a-dia, para aumentar a segurança quando compramos online.

Aqui estão dez recomendações que visam ajudar o consumidor a manter a sua segurança e a evitar tentativas de fraude:

  1. Confirmação ortográfica das mensagens recebidas – inconsistências na língua utilizada numa mensagem, tais como erros gramaticais, a disposição das palavras, ou diferenças entre o nome do remetente e a ligação URL, podem ser indícios de esquemas de phishing. Se receber uma mensagem de uma empresa, ou indivíduo, esteja atento a estes erros.
  2. Seja cauteloso – a linguagem que o incentiva a comprar algo é uma tática muito comum. Tenha cuidado com frases como ‘enviar (…) aqui’ ou ‘clicar (…) abaixo’, ou prazos não datados, como ‘em 48 horas’ ou ‘até amanhã de manhã’. Perceba se a mensagem é verdadeira. Se achar que é falsa, é importante não clicar em quaisquer ligações para evitar comprometer as suas informações pessoais.
  3. Cuidado com as perguntas suspeitas – os autores de fraude enganam frequentemente, quer ao destacar um problema (por exemplo, pedindo-lhe que reorganize uma entrega), quer ao fazer uma oferta tentadora (por exemplo, sugerindo-lhe que ganhou um prémio). Pense nos contactos recentes com essa organização ou indivíduo, se não reconhecer o problema que lhe está a ser pedido para resolver ou a oferta apresentada, pode ser um esquema de pishing. Se não tiver a certeza, não clique em nenhuma ligação ou contacte o remetente.
  4. Verificar se a pessoa é quem diz ser – os autores de fraude trabalham muitas vezes arduamente para o convencer da sua credibilidade, por vezes ao utilizar palavras e frases que se podem encontrar em conversas genuínas. Pode ser difícil perceber a diferença, por isso, se não tiver a certeza, verifique ao utilizar uma forma de comunicação diferente daquela que eles usaram para chegar até si. Por exemplo, se receber um texto a pedir informações bancárias, tente enviar um e-mail ou entre em contacto diretamente com a empresa para verificar se é um pedido verdadeiro.
  5. Verifique a mensagem com alguém da sua confiança – Se não tiver a certeza da legitimidade de uma mensagem, pode ajudar discuti-la com alguém da sua confiança. Alguém do seu circulo pode já ter recebido uma mensagem semelhante e pode conseguir aconselhar sobre o que deve ser feito. Partilhar a sua experiência pode também ajudar outra pessoa a evitar que seja uma vítima.
  6. Encontre o website correto – Verificar se os sites que escolhe para as suas compras online são seguros, se existe um ícone de um ‘cadeado’ na barra de pesquisa e se o endereço do website começa com HTTPS (o ‘S’ indica que é ‘seguro’). Além disso, é importante verificar se o nome da página não contém erros ortográficos ou caracteres estranhos.
  7. Verifique o website do vendedor e as suas reviews – pesquise o website ou a empresa a quem está a comprar. Também é importante consultar as críticas para averiguar a experiência de outras pessoas.
  8. Cuidado com os esquemas de phishing –É importante ter atenção e cuidado com e-mails ou telefonemas não solicitados que lhe pareçam suspeitos. Há situações de tentativa de roubo de informações pessoais, através do seu número de conta, nome de utilizador e/ou palavra-passe. Em caso de dúvida, não clique em quaisquer ligações nem descarregue ficheiros.
  9. Utilize tokens e serviços de carteiras digitais para pagar com segurança e facilidade –Quando carrega o seu cartão no seu telefone, e quando o carrega em algumas aplicações comerciais, os dados do seu cartão são frequentemente substituídos por um ” token ” digital. O que é que isto significa? A tokenização esconde dados de pagamento sensíveis. Desta forma, os dados do seu cartão não são armazenados e são substituídos por um “token”, tornando os pagamentos digitais ainda mais seguros.
  10. Utilize uma forma segura, rápida e fácil de se identificar – A autenticação forte dos clientes (SCA) – parte de um novo regulamento do sector – significa que os bancos pedem formas de se autenticar quando estiver a realizar pagamentos online para se certificarem de que o pagamento é feito por si, e não por terceiros. Caso seja uma opção, estabeleça métodos como impressões digitais ou reconhecimento facial no seu telefone e nas suas aplicações bancárias.

A quantidade de esquemas de tentativas de fraude por todo o mundo tem vindo a aumentar, e como tal precisamos de estar preparados para lidar com este tipo de eventos no nosso quotidiano. O mesmo se aplica às interações online, especialmente quando estamos a falar de comprar bens e serviços.

[1] Relatório de Sistemas de Pagamentos – 2021 do Banco e Portugal: https://www.bportugal.pt/sites/default/files/anexos/pdf-boletim/rsp2021.pdf

 

 

Ler Mais

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.